cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Público americano quer as torres do WTC nos filmes

    Por Da Redação
    27/09/2001

    O atentado terrorista afetou o cinema americano de várias formas: filmes com cenas de terrorismo e/ou explosões foram cancelados, a Blockbuster rotulou os vídeos com esse tipo de cena para prevenir quem esteja muito sensibilizado e várias produções nas quais as torres do World Trade Center apareciam estão sendo editadas ou regravadas. Exemplos disso são as comédias Serendipity (que estréia nos EUA semana que vêm) e Zoolander (que estréia lá nesta sexta), que terão cenas comuns cortadas apenas para eliminar as torres; Homens de Preto 2 terá a seqüência final refilmada com outro edifício servindo de cenário; e pôsteres e trailers de Homem-Aranha foram recolhidos ou tirados da rede.

    Mas, segundo uma pesquisa do site americano Hollywood.com, o público não quer que estas cenas sejam cortadas. 78% dos internautas votaram a favor da permanência das torres nos filmes, e apenas 22% foram a favor do corte. O argumento do público é que os prédios, símbolos do poder americano, não podem ser esquecidos, e o argumento dos estúdios que estão fazendo os cortes é que os espectadores podem lembrar do ataque e do medo que se instalou, quando deveriam estar se divertindo. Um exemplo de que o público gosta de relembrar as torres foi dado com o filme Glitter: em algumas sessões, o público levantou e aplaudiu quando os prédios apareceram. Talvez os únicos aplausos que o filme recebeu.