cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Qual será o futuro de Thor na Marvel?

    Após Amor e Trovão, é bem possível que voltemos a ver o personagem no MCU

    Por Daniel Reininger
    15/07/2022 - Atualizado há 24 dias

    Thor: Amor e Trovão, quarto filme sobre o deus vivido por Chris Hemsworth, não tenta levar o personagem em uma nova direção, mas honra sua jornada, mesmo que não ofereça muitas novidades para o Universo Cinematográfico da Marvel em geral, afinal o longa é mais uma aventura pessoal do personagem.

    E uma coisa estava clara mesmo antes do novo filme, a Marvel Studios tem toda intenção de trazer Thor às telonas de novo, mas será que vai rolar? E como poderia acontecer?

    Histórias para contar

    Vale lembrar que o futuro de Thor no cinema parece garantido, pelo menos é que o próprio Chris Hemsworth e o chefão da Marvel, Kevin Feige, deixaram claro recentemente.

    Em entrevista ao Total Film, Chris Hemsworth falou sobre seu futuro na Marvel. “Toda vez, se a oportunidade surgir, estou aberto a qualquer exploração criativa que possa acontecer, graças a diferentes roteiristas e diretores e assim por diante. Mas eu amo interpretar o personagem, eu realmente amo. Sempre se resume a: ‘Este roteiro é diferente do último? Estamos repetindo alguma coisa? E quando se torna muito familiar, acho que é quando eu teria que dizer: ‘Sim, não, isso não… eu acho que…’ [risos] Eu gostaria de sair antes que as pessoas me digam para sair.”

    Kevin Feige também revelou que Thor tem futuro no cinema: “O que eu sei é: existem muitas, muitas outras histórias de Thor nos quadrinhos sobre as quais falamos muito. E enquanto vemos Chris continuar a crescer e evoluir como um grande talento de atuação, eu ficaria empolgado em ver como ele continua evoluindo esse personagem complexo.”

    Mas como o filme Thor: Amor e Trovão nos dá dicas desse futuro?

    Cuidado! Spoilers de 'Thor: Amor e Trovão' adianteReprodução / Montagem

    Além de Amor e Trovão

    Thor: Amor e Trovão, apesar de ser um filme bastante independente, estabelece as bases para possibilidades interessantes no futuro. Não apenas sobre os próximos filmes de Thor, mas também para uma séries de eventos gigantescos.

    Para começar, no final do quarto filme, o herói adota a filha de Gorr, que se chama Amor, depois que o vilão deseja que sua filha seja trazida de volta à vida. Isso conecta Thor ao seu pai Odin, já que ambos adotaram o filho de um ex-inimigo. 

    Com o deus do trovão agora como figura paterna e com os créditos finais informando ao público que "Thor vai voltar", provavelmente significa que Thor e Amor serão uma dupla em futuras aventuras.

    E vale lembrar que Thor até teve filhos nos quadrinhos, mas eles normalmente são de realidades alternativas e seus filhos genéticos. Amor é um personagem totalmente original do MCU e é inteiramente possível que ela seja uma nova heroína, que, se necessário, poderia se juntar aos Jovens Vingadores, que o MCU parece estar construindo.

    Hércules

    E, claro, a cena pós-créditos mostra Zeus (Russell Crowe) enviando seu filho Hércules (Brett Goldstein) para lutar contra Thor e fazer os humanos temerem os deuses novamente. Nos quadrinhos, Hércules começa como um inimigo de Thor, mas rapidamente se torna um aliado e membro dos Vingadores.

    Além disso, ele também tem uma história romântica com Jennifer Walters, a She-Hulk, que vai ganhar série em breve. E embora seja improvável que Hércules apareça no programa, o personagem pode aparecer em futuras temporadas. Sem falar que o grupo Thunderbolts está tomando forma no MCU e Hércules poderia fazer parte da equipe.  

    Também é provável que a Marvel esteja preparando o terreno para adaptar o aclamado arco A Guerra dos Reinos, com Zeus e Hércules substituindo Malekith (que foi o principal vilão em Thor: O Mundo Sombrio). O MCU vem expandindo seu panteão de deuses, não apenas com os deuses nórdicos e gregos, mas também com o panteão egípcio introduzido em Cavaleiro da Lua. Sem falar que Os Eternos apresentou os Celestiais, seres responsáveis ​​por criar toda a vida no universo e eles são uma ameaça conhecida, que vai, em breve, julgar a Terra, como vimos ao fim do filme de Chloé Zhao. 

    Existem muitos fatores divinos que podem trazer o caos para a Terra e tudo parece apontar para uma batalha massiva entre vários reinos. Vale a pena apontar que A Guerra dos Reinos foi escrito por Jason Aaron, cujas histórias serviram como uma importante fonte de inspiração para muitos projetos da Fase 4.

    Jane Foster

    E embora tenha morrido no final do quarto filme de Thor, a cena pós-créditos revela que Jane Foster ascendeu ao reino de Vahalla, a terra dos mortos na mitologia nórdica. 

    Isso pode ser apenas uma maneira de deixar claro que a personagem está em paz, mas  também deixa a porta aberta para ela retornar aos cinemas no futuro.

    Nos quadrinhos, depois de morrer, Jane Foster é transformada em uma Valquíria. Isso acontece exatamente no arco A Guerra dos Reinos, mencionado anteriormente.

    Como Valhalla parece ser outro reino da realidade, parece ser inteiramente possível acessá-lo e o MCU introduziu recentemente America Chavez em Doutor Estranho 2, portanto, se A Poderosa Thor precisar ser recrutada, o acesso a ela é relativamente fácil. 

    Resta saber se Jane retornará realmente, parece improvável, mas ainda é possível.

    Thor: Amor e Trovão

    Amor e Trovão mostra um Thor surpreso ao ver seu antigo interesse amoroso, Jane, como a Poderosa Thor. Entretanto, a cientista é diagnosticada e tratada de câncer, o que destrói seu corpo mortal. 

    Vale lembrar que em Thor: Ragnarok, o herói perdeu tudo que o definia como um deus e um herói, mas ao menos salvou seu povo da destruição. Após salvar o universo ao lado dos Vingadores, Thor partiu para o espaço com os Guardiões da Galáxia para aproveitar o primeiro período em centenas de anos em que “não tem um plano”. 

    O herói decide voltar à Nova Asgard ao descobrir um terrível inimigo, Gorr, o Carniceiro dos Deuses, vivido por Christian Bale, que busca a extinção de todos os seres que se consideram e agem como deuses. Gorr odeia os deuses após a morte de sua filha, Amor.

    O filme do herói está nos cinemas.

    Veja mais