cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Quando Eu Era Vivo abre 17ª edição da Mostra Tiradentes

    Produção estrelada por Marat Descartes, Antônio Fagundes e Sandy Leah inaugura evento que exibe outros 133 filmes
    Por Roberto Guerra
    23/01/2014
    Mostra Tiradentes

    Começa nesta sexta (24) com a exibição do longa Quando Eu Era Vivo a 17ª edição da Mostra Tiradentes de Cinema. O evento reúne produções de 16 estados brasileiros divididas em 11 mostras temáticas. São Paulo é o Estado com mais filmes inscritos e selecionados (29), seguido de Minas Gerais com 25 filmes. Os 134 curtas, médias e longas serão distribuídos em 54 sessões de cinema em três espaços de exibição na cidade, localizada a 180km da capital mineira.

    O homenageado da edição é o ator paulista Marat Descartes, considerado uma das presenças mais representativas da produção independente no país. Descartes é protagonista do longa de Marco Dutra em que divide a cena com Antônio Fagundes e Sandy Leah.

    Baseado no livro A Arte de Produzir Efeito Sem Causa, de Lourenço Mutarelli, Quando Eu Era Vivo conta a história de Júnior (Descartes), homem que passa por um divórcio traumático e busca abrigo na casa do pai, Sênior (Antonio Fagundes), com quem mantinha relação distante. Lá, nada lembra o lar em que viveu quando jovem. O pai se tornou um homem estranho, rejuvenescido à base de exercícios físicos e bronzeamento artificial. Os objetos e fotos da mãe, morta há alguns anos, foram encaixotados e trancados no quartinho dos fundos.

    Diversidade na contemporaneidade

    O olhar atento às maneiras cada vez mais ousadas que os cineastas brasileiros contemporâneos têm encontrado para realizarem seus trabalhos vai permear parte da programação da mostra - que segue até 1º de fevereiro -, incluindo debates, discussões e encontros com a crítica, realizadores e público. Toda a programação é oferecida gratuitamente e, além da exibição e realização de debates, o evento promove também shows musicais, lançamento de livros e DVDs e outras manifestaçãoes artísticas.

    "A Mostra Tiradentes consolida-se com uma das mais importantes plataformas de lançamento do cinema brasileiro independente. [...]. Nesta edição o público vai conhecer a produção de todos os cantos do Brasil, novos diretores, novas maneiras de fazer cinema, a diversidade na contemporaneidade", diz Raquel Hallak , coordenadora do evento.

    Na cidade história de Tiradentes, hoje com sete mil habitantes, foram instalados três espaços de exibição: o Cine BNDES na Praça, no Largo das Fôrras (espaço para mil espectadores); o Complexo de Tendas, que sedia a instalação do Cine-Tenda (700 lugares), e o Cine-Teatro SESI (120 lugares), que funciona no Sesi Tiradentes -Centro Cultural Yves Alves, sede do evento.

    Acompanhe a cobertura diária da 17ª Mostra Tiradentes de Cinema no Cineclick.

    Serviço
    17ª Mostra Tiradentes de Cinema
    Quando: de 24 de janeiro a 1º de fevereiro
    Onde: Tiradentes (MG)
    Quanto: gratuito
    Programação: mostratiradentes.com.br