cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Quem são os Irmãos Russo, os queridinhos da Marvel?

    Saiba como os diretores mudaram os filmes dos Vingadores
    Por Daniel Reininger
    03/02/2021 - Atualizado há 24 dias

    Os diretores de Vingadores: Ultimato, Anthony  e Joe Russo, conquistaram lugar de destaque no mundo do cinema, garantindo algumas das obras mais interessantes e lucrativas do cinema comercial atual. 

    Com uma trajetória variada, cujo ápice é o filme de maior bilheteria da história, os irmãos trabalharam em diversos projetos ao longo de suas carreiras. O interessante é que desde cedo eles fazem seu trabalho em conjunto, seja como diretores, roteiristas, atores ou editores.

    Trajetória

    Cena de Tudo Por Um SegredoReprodução

    Anthony Russo nasceu em 3 de fevereiro de 1970, enquanto Joe é de 18 de julho de 1971. Criados em Cleveland, Ohio, começaram a dirigir, escrever, e produzir seu primeiro longa, chamado Pieces, enquanto estavam na pós-graduação. O curioso é que eles financiaram o projeto através de empréstimos de alunos e cartões de crédito.

    Depois de ver Pieces no Slamdance Film Festival, Steven Soderbergh (Contágio) abordou a dupla e se ofereceu para produzir seu próximo filme, junto com seu parceiro George Clooney. Este projeto foi a comédia policial Tudo Por Um Segredo, estrelada por William H. Macy, Sam Rockwell e Clooney.

    Em seguida, o executivo da rede FX, Kevin Reilly, contratou a dupla para dirigir o piloto da série Lucky. Ron Howard (Uma Mente Brilhante) amou o piloto e ajudou a contratar os irmãos para dirigir Arrested Development, da Fox. Os irmãos ganharam um prêmio Emmy por seu trabalho.

    Em seguida, foram produtores executivos e diretores das primeiras temporadas da sitcom Community e da série Happy Endings.

    Em junho de 2012, começaram as negociações finais para dirigirem o segundo filme do Capitão América da Marvel Studios, foi aí que tudo mudou para eles e para os filmes de quadrinhos.

    Marvel

    Chris Evans como Capitão AméricaReprodução

    Com Soldado Invernal, os dois mostraram que entendem muito do universo Marvel. O sucesso de público e crítica foi grande e após mudarem muitos elementos desse universo, assumiram Capitão América 3 e os dois filmes definitivos dos primeiros dez anos do estúdio: Guerra Infinita e Ultimato.

    Assim, se tornaram os arquitetos das fases mais recentes da Marvel e produziram longas épicos, capazes de agradar aos fãs das HQs e também ao público em geral.

    A fórmula de sucesso da dupla? Fácil: as grandes mudanças em personagens e no mundo da franquia, sempre com a ideia de agitar as coisas e deixar e criar situações e dinâmicas novas.

    Anthony Russo comentou o assunto com o site Cinemablend. "Vemos isso como nosso desafio. Como podemos construir uma narrativa que realmente empurre esses personagens para novos lugares? Como o Capitão América viaja nessa estrada? Como criamos circunstâncias em que você vai ver ele se comportando de novas maneiras conforme o filme vai passando? Porque essa é a chave para a longevidade. Queremos ver esses filmes durarem para sempre. Nós os amamos. Mas a única maneira de realmente fazer isso é continuar encontrando novas cores para trazer à tona".

    E faz sentido, afinal, o universo cinematográfico da Marvel não conseguiu fazer 22 filmes de sucesso sem introduzir muitas novidades. E uma das melhores maneiras de fazer isso é ter histórias com grandes reviravoltas e mudanças significativas.

    Continua após o anúncio

    Amantes dos quadrinhos

    Arte de Guerras SecretasReprodução

    Não é segredo que os dois gostam muito de quadrinhos e realmente entendem esse mundo. 

    Ao site Bro-Bible, os diretores falaram do que gostam nessas histórias. “Anthony e eu gostamos de relacionamentos complicados entre heróis e vilões, gostamos de vilões que acreditam que são heróis em suas próprias histórias”, disse Joe.

    Entre as tramas que gostariam de adaptar, está Guerras Secretas. “Tudo isso está embutido nessa noção de Guerras Secretas. Executar algo na escala da Guerra Infinita estava diretamente relacionado ao sonho de dirigir essa saga, que é ainda maior em escala”, finaliza.

    Originalmente publicado em 1984, Guerras Secretas foi uma grande batalha entre heróis e vilões, tudo orquestrado por Beyonder, uma entidade cósmica. Além de ser o primeiro crossover e mega-saga dos quadrinhos, Guerras Secretas ficou marcada por apresentar o uniforme negro do Homem-Aranha, que depois viraria o conceito do simbionte Venom.

    Será que eles voltam a dirigir filmes da Marvel? Contamos que sim!

    Novos projetos

    Cena de Resgate, filme com Chris HemsworthReprodução

    Os dois ainda fizeram sucesso na Netflix. Eles produziram Resgate, que se tornou a maior audiência da história do serviço. Por isso, vão assinar The Gray Man, suspense de espionagem com Ryan Gosling e Chris Evans nos papéis principais. Com orçamento de 200 milhões de dólares, o projeto será o mais caro da plataforma.

    Anthony comentou sobre The Gray Man: "Esse filme é um verdadeiro mano a mano entre esses dois grandes atores que representam duas versões diferentes da CIA, e o que podem ser e fazer. Para os fãs de Capitão América: O Soldado Invernal, isso somos nós nos movendo para esse território de um modo mais realista. Isso é o que esse filme significa para nós."

    Além disso, os dois vão produzir a versão live-action de Hércules e Antony comentou os motivos de aceitarem esse desafio. "Nós e nossos filhos somos fanáticos por Hércules. Ouvimos dizer que a Disney estava interessada em adaptar e estamos apaixonados pela ideia. Argumentamos por que achamos que estaríamos certos em produzir esse filme e aqui estamos nós", disse Anthony ao Collider.

    Vale lembrar que os dois lançam na Apple TV, ainda esse ano, Cherry - Inocência Perdida, protagonizado por Tom Holland. Na trama, um jovem de família rica se casa com a namorada antes de se juntar ao Exército e embarcar para o Iraque.

    Veja o trailer original de Cherry