cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    História real da Rainha do Tráfico ganhará série da Netflix

    Pioneira no tráfico da colombina, antes de Pablo Escobar, será vivida por Sofia Vergara
    Por Flávio Pinto
    14/11/2021 - Atualizado há 12 dias

    Antes de Pablo Escobar, o rei da cocaína, havia uma rainha. E seu nome era Griselda Blanco

    De acordo com o Deadline, a atriz Sofia Vergara, indicada ao Emmy e ao Globo de Ouro por Modern Family, está prestes a assumir seu papel mais trabalhoso. Em uma nova minissérie para a Netflix, Vergara vai assumiu o papel de Blanco. Além da estrelar, Sofia também vai assumir a produção-executiva do novo título. 

    Segundo a publicação, a série vai narrar a história real de Griselda Blanco, mãe dedicada ao dia, chefe de um dos cartéis de drogas mais lucrativos da história à noite. O projeto ficará a cargo de Ingrid Escajeda, da série Empire, que atuará como showrunner, produtora-executiva e roteirista. Todos os seis episódios da série serão dirigidos por Andrés Baiz, de Narcos. 

    Vale a pena ressaltar que, embora Baiz e outros produtores da nova série, como  Eric Newman, Doug Miro, Carlo Bernard, estejam ligados à Narcos, a história de Griselda não se trata de uma produção derivada da série estrelada por Wagner Moura. Continue a leitura para conhecer mais um pouco sobre Griselda Blanco.

    Quem era Griselda Branco

    Nascida em 1943, em Cartagena, Griselda Blanco Repestro entrou para o mundo do crime ainda quando era criança como batedora de carteiras. Aos 11 anos, ela chegou a sequestrar um garoto, e aos 14 ela fugiu de casa e começou a se prostituir. 

    Foi nessa mesma época em que conheceu o seu primeiro marido, um falsificador de passaportes e traficante de pessoas. Graças aos seus serviços, ele conseguiu levar Griselda a Nova York, onde ela rapidamente se inseriu na cena criminal. 

    Nos Estados Unidos, Griselda partiu para Miami, e foi justamente lá que ela começou a idealizar as primeiras rotas locais de tráfico. Griselda abriu uma loja de roupas íntimas de fachada, que vendia diversos itens curiosos, incluindo uma lingerie com bolsos escondidos para transportar drogas.

    Segundo o que foi relatado, em seu auge, Griselda chegou a enviar mais de uma tonelada de cocaína aos Estados Unidos mensalmente. Casada três vezes, ela também foi responsável por encomendar a morte de dois de seus maridos, assim, ganhando o apelido de viúva negra.

    Estrela de Modern Family viverá Griselda BlancoReprodução

    O declínio

    Sua fama rapidamente chamou a atenção das autoridades americanas e, em 1985, Griselda foi presa na Califórnia. Suspeita de mandar matar dezenas de pessoas e uma das maiores mandantes do tráfico, a colombiana foi condenada a mais de 50 anos de cadeia. Contudo, ela só cumpriu 20.

    Em 2004, após duas décadas de prisão, Griselda foi reportada para a Colômbia, onde assumiu uma postura mais reservada. Em 2012, enquanto saia de um açougue em Medellín, ela foi assassinada. 

    Catherine Zeta Jones interpretou Griselda em uma produção da Lifetime TVDivulgação (Lifetime)

    Outras produções sobre a Rainha do Tráfico

    A fascinante história de Griselda Blanco já foi tema de diversas produções hollywoodianas, como Cocaine Godmother que contou com a oscarizada Catherine Zeta-Jones interpretando a rainha do tráfico.

    Além disso, desde 2020, há um projeto para os cinemas em andamento a ser produzido e estrelado por Jennifer Lopez, e dirigido por Reed Morano (de The Handmaid's Tale), com foco na trajetória de Griselda.

    Veja o trailer de Cocaine Godmother

    Leia também: