Razões para ver SnowPiercer, filme do diretor de Parasita com Capitão América

Filme de Bong Joon-ho está no streaming

23/04/2020 10h17 (Atualizado em 12/05/2020 17h21)

Por Daniel Reininger

Baseado na graphic novel de Benjamin Legrand e Jacques Lob, o drama pós-apocalíptico dirigido pelo sul-coreano Bong Joon-ho (O Hospedeiro, ParasitaSnowPiercer - O Expresso Do Amanhã é um incrível filme disponível na Amazon Prime Video.

Na trama, um experimento para impedir o aquecimento global falha e uma nova era do gelo toma conta do planeta. O que resta é apenas neve e guerra. Os únicos sobreviventes da Terra estão a bordo de uma imensa máquina chamada Snowpiercer, um trem que roda o planeta acompanhando o sol e evitando o frio congelante do lado de fora. Lá dentro, os mais pobres vivem em péssimas condições no final do tem, enquanto a classe rica vive em meio ao luxo e ao prazer, com espaço de sobra.

Ah, vale lembrar que a história vai virar uma série em breve, pela TNT.

Veja razões para assistir hoje mesmo:

Criativo

Com uma ambientação bastante inusitada para o gênero, o longa mostra uma locomotiva que circunda o planeta congelado e é a última esperança de sobrevivência. Só que, como sempre, a humanidade não sabe compartilhar as coisas, então o trem é dividido por classes. Enquanto 1% vive no luxo dos vagões dianteiros, 99% da população apodrece no último vagão, mas um líder, interpretado por Chris Evans  (Capitão América), pode mudar as coisas.

Ação e reviravoltas

O filme tem um feeling de jogo de videogame, no bom sentido da frase. Conforme o protagonista evolui de vagão em vagão, o ambiente muda, as batalhas e desafios se alteram e ele precisa se adaptar enquanto descobre um mundo novo, que nunca poderia imaginar existir naquele trem, aparentemente, desolado. Essas reviravoltas e novidades transformam o filme em uma viagem muito interessante, apesar de se passar apenas em um trem, e transforma esse criativo sci-fi em uma obra-prima de ação. Arrepiante, divertido e cativante até o fim.

Belas lutas

SnowPiercer - O Expresso Do Amanhã acerta em cheio nas cenas de ação. Toda a esquisitice desse mundo de ficção científica é usada para ampliar a intensidade de cada combate corpo a corpo. As lutas são elegantes, mesmo quando centenas de pessoas lutam em espaços minúsculos com machados e facas. Entretanto, a violência não é gratuita – diversas cenas estão lá para nos lembrar que a questão é a sobrevivência e condições dignas, ou, em alguns casos, para reencontrar crianças levadas para a dianteira e nunca mais vistas. É um banho de sangue num universo Pulp, mas sempre com propósito.

Ótima criação do mundo

O filme se supera na criação do mundo, o congelamento da Terra é algo brutal e a forma de salvação ainda mais. Porém, são os vagões absurdamente diferentes, com figuras excêntricas, quase saídas de um filme de Terry Gilliam, que dão vida ao longa. A absurda diferença do vagão "salão de beleza", com madames bem vestidas, e o de pobreza total onde moram os rebeldes é um tapa na cara, que nos lembra também de nossa realidade.

Questões sociais

Toda dignidade é arrancada da população abandonada à própria sorte, pessoas que precisam comer estranhas barras de proteínas todo dia e, se desrespeitarem as regras, têm seus membros colocados para fora do veículo até que congelem. Dicotomias vistas, de leve, em séries como Jogos Vorazes, e absurdamente claras nesse filme.

Diretor premiado

E não é só o lado social e os combates que chamam a atenção. O filme é lindo. O ganhador do Oscar Bong Joon-ho comanda a produção com maestria e cria tomadas do mundo congelado de tirar o fôlego. A fotografia é inspirada e muda conforme o tema do vagão. A trilha sonora é usada na medida certa e empolga. O roteiro funciona bem, apesar da simplicidade. Humor é usado na medida certa para não deixar o peso da ambientação matar a diversão. E a construção de personagens é tão boa quanto a do universo à sua volta; você acredita nas motivações de cada um, é possível entender suas escolhas e se importar com seus destinos. Trabalho impecável.

Onde assistir: Amazon Prime Video

Confira o trailer:

Veja também: Cinco motivos para ver Goliath, joia da Amazon Prime Video


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus