cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Como emagrecer mudou a carreira de Rebel Wilson

    A atriz de 42 anos emagreceu mais de 30kg e agora viverá jovem popular em comédia da Netflix
    Por Redação
    07/05/2022 - Atualizado há 17 dias

    Fat Amy e Brynn não tinham em comum só o fato de serem personagens vividas pela atriz Rebel Wilson, mas também a retratação regada de bullying nas comédias A Escolha Perfeita e Missão Madrinha de Casamento.

    Agora, a americana que chega no próximo dia 13 de maio à Netflix com o filme De Volta ao Baile, estrela seu primeiro trabalho após emagrecer mais de 30 quilos durante a pandemia da COVID-19.

    Aos 42 anos e uma sólida carreira nos cinemas, Wilson percebeu que era hora de mudar completamente sua vida. 

    Com o início do lockdown em 2020, a atriz adotou novos hábitos alimentares e uma rotina de exercícios para emagrecer. Segundo ela, o intuito era cuidar de sua saúde e se sentir melhor consigo mesma.

    "Mesmo que eu ainda fosse bastante confiante, me amasse e arrebentasse em um tapete vermelho. Ainda que tivesse, provavelmente, duas vezes ou até três vezes o peso de outras atrizes, eu ainda me sentia confiante daquela forma. Mas eu sabia que, no fundo, alguns dos comportamentos alimentares que eu tinha não eram saudáveis", contou ela em entrevista à rede BBC. 

    Desde então, a americana vem mostrando a nova silhueta em suas redes sociais, além de compartilhar os recentes hábitos com os seguidores.

    Resistência da equipe

    Se adotar uma rotina saudável já é difícil, sem apoio é ainda pior. Wilson contou que sua equipe ficou com um "pé atrás" quando ela decidiu emagrecer. “Tive muita resistência da minha própria equipe aqui em Hollywood quando disse 'Vou fazer este ano de saúde, sinto que realmente vou me transformar fisicamente e mudar minha vida'", revelou.

    Ela, que iniciou a carreira como comediante, quase sempre foi escalada para viver personagens que tinham o peso como humor, sofrendo bullying e gordofobia nas tramas. 

    Fat Amy, que integrou a premiada trilogia de comédia A Escolha Perfeita, é um dos maiores exemplos disso. O apelido, que em português quer dizer Amy Gorda, gerava risadas no público, mas carregava um terrível preconceito por trás. Em muitas cenas, o fato de ser uma jovem gorda era o grande foco das piadas do filme.

    A atriz Rebel Wilson como 'Fat Amy' em cena de 'A Escolha Perfeita'Reprodução

    O mesmo aconteceu com Brynn em Missão Madrinha de Casamento, longa de 2011 que trouxe a atriz como uma mulher que ficava jogada no sofá, comendo e fazendo piadas, algo completamente estereotipado.

    Segundo a própria atriz, a resistência da equipe ao emagrecimento veio por conta de sua antiga silhueta ser o motivo de Wilson ganhar milhões e ser escalada para longas em Hollywood. "Eu estava ganhando milhões de dólares para ser a garota gorda engraçada. Então eles ficaram ‘Por quê? Por que você faria isso?’", lembrou ela.

    A mudança na carreira

    A atriz Rebel Wilson em cena de 'De Volta ao Baile'Reprodução

    Em De Volta ao Baile, Wilson viverá uma mulher que acorda após passar 20 anos em coma e tenta realizar um sonho comum entre jovens americanas: ser a rainha do baile. 

    Esse é o primeiro filme estrelado por ela após a mudança de visual, o que já mostra uma imensa transformação na escalação do trabalho. Agora, a personagem da atriz é retratada como uma adolescente popular no colégio, capitã das líderes de torcida e namorada de um dos garotos mais desejados do ensino médio.

    A abordagem é totalmente clichê para uma comédia romântica americana, mas também revela como cineastas em Hollywood só pensam em escalar atrizes no "padrão" para viver personagens do tipo. 

    Embora fosse confiante com seu corpo e tenha um talento que vai além da aparência física, eram raras as vezes em que a americana era contratada para viver algum papel que não fosse a da "gordinha engraçada". 

    "Eu sei como é ser uma mulher que é essencialmente invisível para a maioria das pessoas, pelo fato de não ser vista como tradicionalmente bonita, sei lá. É loucura tentar se adequar àquilo. É bem melhor ser sua versão mais saudável", desabafa ela.

    De Volta ao Baile

    Com estreia prevista para 13 de maio na Netflix, De Volta ao Baile acompanha a história de uma líder de torcida que cai de uma pirâmide e entra em coma por 20 anos.

    Ela acorda como uma mulher de 37 anos que está pronta para voltar ao ensino médio, recuperar seu status de popular e reivindicar a coroa de rainha do baile que sempre sonhou.

    Além de Wilson, o elenco traz nomes como Zoë Chao, Sam Richardson, Justin Hartley, Angourie Rice, Mary Holland e Chris Parnell.

    Leia também: