cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Reichenbach apresenta sua Falsa Loura em São Paulo

    Por Da Redação
    16/04/2008

    As quatro salas do Reserva Cultural na Avenida Paulista ferveram nesta terça-feira (15/04) na pré-estréia de Falsa Loura, de Carlos Reichenbach com a presença de grande parte do elenco e da equipe de produção.

    Ausentaram-se os dois "galãs" do filme, Cauã Raymound (Ódiquê) está em Búzios filmando À Deriva, de Heitor Dahlia e Maurício Mattar (Kuarup), começou uma turnê para promover seu novo álbum.

    As atrizes ou "vestais", como gosta de se referir o diretor às suas musas do cinema, estavam lá em peso: Rosanne Mulholland (A Concepção), a falsa loura, sem dúvida a mais assediada pela imprensa, Djin Sganzerla (O Signo do Caos), Suzana Alves (Xuxa Requebra), Vanessa Prieto e Luciana Brites (Nome Próprio).

    A apresentação da sessão foi descontraída, Reichenbach falou ao lado de sua produtora Sarah Silveira e brincou com os amigos da platéia como seu alter ego Ênio Gonçalves, que será o protagonista de seu próximo filme O Mar das Mulheres Finais, auto-biográfico e baseado na experiência do diretor que sofreu um infarto em 2003.

    Falsa Loura conta a história da bela operária Silmara, seu cotidiano no trabalho, com a família e amigas, uma menina cheia de sonhos, inclusive, românticos. Ela se envolve com dois de seus ídolos da música e, apesar de achar que tem o controle de sua vida, vai viver na pele a desilusão, mas sempre de cabeça erguida.

    O filme já andou por alguns festivais de prestígio como o 40º Festival de Brasília, que rendeu à Djin Sganzerla o Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante, além da 11ª Mostra de Cinema de Tiradentes e o 18º Cine Ceará. Sobre as expectativas para a estréia Reichenbach declarou, na entrevista por telefone ao Cineclick, estar otimista "durante as exibições o filme tem gerado muita curiosidade e espero uma boa resposta de público porque fiz um filme acessível e popular".

    O diretor retomou o universo das mulheres operárias de Garotas do ABC(2003), mas desta vez de forma mais radical. Sobre a personagem de Silmara disse: "Eu sinto uma profunda admiração por esses personagens femininos errantes, que se jogam de cabeça nas experiências e "tomam muita porrada" para aprender, mas mantêm integridade para continuar".

    Essas mulheres podem ser vistas em diversos momentos da cinematografia do diretor, bem antes de Garotas do ABC, em filmes como Anjos do Arrabalde(1987) e Lilian M - Relatório Confidencial (1975), só para citar dois exemplos.

    Falsa Loura, 15º filme dirigido por Reichenbach, estréia nesta sexta-feira (18/04) em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.