cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    RIO 2: Santoro e Saldanha lançam animação em coletiva

    Evento aconteceu no Parque Lage, na capital carioca.
    Por Daniel Reininger
    17/03/2014

    O cineasta Carlos Saldanha (A Era Do Gelo 2) e o ator Rodrigo Santoro (300: A Ascensão Do Império) participaram da coletiva de imprensa do filme Rio 2, na tarde desta segunda-feira (17), no Parque Lage, Zona Sul do Rio de Janeiro. Diretor e ator falaram da experiência de voltar à animação ambientada no Brasil e estrelada pelas ararás Blu e Jade.

    Santoro revelou que não teve dúvidas em voltar a dublar o personagem Túlio, dono de Blu, em inglês e português. "Foi só alegria. Quando fiz o primeiro me diverti e quando fui convidado novamente, nem pensei. É um personagem que gosto de fazer porque é divertido".

    Sobre a voz diferente que faz para o personagem, explicou a criação como um trabalho em conjunto com o diretor. "A minha voz é diferente da do Túlio. Nós criamos uma nova para o personagem, algo mais leve e divertido. Fomos descobrindo aos poucos; por exemplo, a ideia dele falar 'passarinhes' foi minha".

    O ator veio diretamente do deserto do Atacama, onde terminou de gravar o filme Os 33. "Estou cansado porque cheguei essa madrugada. Estava gravando o longa sobre os 33 mineiros que ficaram presos no Chile. Fiquei lá desde fevereiro e acabamos de gravar ontem. Foi uma experiência intensa", contou Santoro, que contracena com Antônio Bandeiras e Juliette Binoche na produção.

    A continuação do sucesso Rio é mais uma vez dirigida pelo brasileiro Carlos Saldanha, que afirmou que a realização da Copa do Mundo no Brasil não influenciou a trama. "Mesmo o futebol sendo proeminente no filme, não teve nenhuma relação com a Copa". Ele pretendia incluir uma partida do esporte nacional no primeiro filme, porém faltou espaço – situação corrigida na sequência.

    O cineasta disse ainda que o longa é mais musical que o primeiro, mas menos centrado em samba e Carnaval. "Era importante manter a brasilidade nas músicas. As coreografias têm inspiração no carimbó, maracatu, ciranda e quadrilha junina, mesmo que pareçam com os musicais clássicos de Hollywood", explicou.

    Contando com a ajuda de Sérgio Mendes e Carlinhos Brown, que também participaram da entrevista, o diretor explicou que a música "é 100% inspiração brasileira, principalmente do Norte e Nordeste". "A criação das canções começa em português e, depois das aprovações, a gente passa para a tradução em inglês e a música é transformada em milhares de outras línguas. A verdadeira música original é daqui, nos Estados Unidos é uma tradução".

    Na trama, Blu, Jade e sua família atravessam o Brasil para chegar à Amazônia, onde encontram mais ararinhas azuis. Blu precisa então aprender a aceitar seu lado selvagem para se adaptar à selva. Para isso, contará com um empurrãozinho do sogro, Eduardo, que está disposto a mudá-lo para ser digno da família.

    Rio 2 estreia no dia 27 de março no Brasil. Veja imagens do evento:

    Rio 2
    Rio 2
    Continua após o anúncio
    Rio 2