cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Rupert Everett diz que Hollywood é conservadora com os gays

    Everett diz que não consegue mais trabalho desde que assumiu homossexualidade
    Por Da Redação
    30/12/2010

    Em entrevista à rádio Radio 4, afiliada da BBC, o ator Rupert Everett (As Crônicas de Nárnia: O Leão, A Feiticeira e o Guarda-Roupa) falou sobre como tem sido tratado em Hollywood desde que assumiu sua homossexualidade em 2009.

    “Hollywood é um mundo muito conservador que se finge de liberal”, afirmou o ator britânico. Everett diz que perdeu espaço desde que assumiu a homossexualidade. “Nada aconteceu, a não ser que nunca mais consegui trabalho lá [em Hollywood]. Fiz alguns filmes, tive sorte no início da carreira e aí, fiquei sem trabalho por tempos e me mudei para a Europa”.

    Everett já havia comentado ao diário britânico The Observer por que não saiu do “armário” antes. “O fato é: não dá, e nunca deu, para ser um ator de 25 anos abertamente gay tentando fazer carreira na indústria de cinema, seja americana, britânica ou até italiana!”.

    Hollywood tem um histórico de obrigar suas estrelas a encobrirem sua homossexualidade. No auge da Era dos Estúdios (1920-50), especulou-se sobre uma série de atores, entre eles Cary Grant, Marlene Dietrich, Montgomery Clift, Rock Hudson. Entre os assumidos de destaque atualmente estão, além de Everett, Ellen DeGeneres, Ian McKellen e Stephen Fry.