cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Saiba em qual streaming assistir ao primeiro filme de ficção científica da história

    Essa é uma bela opção para os amantes do cinema
    Por Daniel Reininger
    01/02/2021 - Atualizado há 3 meses

    Essa é para os amantes da sétima arte! É possível assistir Viagem à Lua (Le Voyage Dans La Lune), de 1902, e outros filmes históricos no Telecine Play. O título é considerado a primeira ficção científica da história e, com apenas 16 minutos, é uma experiência imperdível para os amantes do cinema.

    Dirigido por Georges Méliès, um dos pioneiros dessa arte, o longa francês mudo acompanha um grupo de cientistas que viaja à Lua em uma nave em formato de bala para explorar o território desconhecido. No satélite, são surpreendidos pela existência de vida inteligente e acabam prisioneiros. O roteiro também é de Méliès, com assistência de seu irmão Gaston.

    Méliès ajudou a criar a linguagem cinematográfica e muitas técnicas de efeitos especiais e, por isso, foi de extrema importância para a sétima arte.

    A produção francesa foi inspirada em dois romances populares a época: Da Terra à Lua, de Julio Verne, e Os Primeiros Homens na Lua, de H. G. Wells. O filme foi sucesso em sua época e foi o primeiro a tratar sobre seres alienígenas. Uma de suas famosas cenas é a imagem de um foguete no olho da Lua.

    Quando foi originalmente exibido, trazia uma cena final com uma parada em celebração ao retorno dos viajantes espaciais. Até recentemente, esse momento era considerada perdido. Entretanto, foi encontrada na França, em 2002, uma versão quase completa e colorida à mão. Ela foi restaurada e apresentada pela primeira vez em 2003, no Pordenone Silent Film Festival.

    Georges Méliès

    O parisiente, nascido em 1961, foi um ilusionista e cineasta famoso por criar muitas técnicas narrativas da sétima arte.

    Inovador no uso de efeitos especiais, popularizou técnicas como o stop-motion e foi um dos primeiros cineastas a usar exposições múltiplas, câmera rápida, dissoluções de imagem e o filme colorido.

    Pioneiro no uso de storyboards, Méliès é lembrado como um "mágico de cinema", graças à sua capacidade de manipular  a realidade através da cinematografia.

    Entre os anos de 1889 e 1890, ele combinou seu trabalho como diretor de teatro com o de repórter e desenhista no jornal satírico La Griffe, onde seu primo era editor-chefe.

    Durante os anos seguintes, os espetáculos ilusionistas eram encenados no teatro, cujos conjuntos, truques e maquinário foram criados principalmente pelo próprio Méliès.

    Em 28 de dezembro de 1895, Méliès foi convidado pelos Irmãos Lumière para a primeira apresentação cinematográfica e se encantou com a tecnologia. Em 5 de abril de 1896, exibiu os primeiros filmes em seu teatro Robert Houdin. Eram cenas ao ar livre, documentários semelhantes aos dos irmãos Lumière, mas logo criou filmes semelhantes aos seus shows ilusionistas.

    Em 1902, lançou sua obra prima: Viagem à Lua, no qual evolui a continuidade narrativa cinematográfica na montagem da sequência do canhão que leva astrônomos à Lua e, em seguida, o canhão aterrissa calmamente.

    Méliès tinha a intenção de lançar seu filme nos Estados Unidos e lucrar com isso, porém, técnicos dos filmes de Thomas Edison secretamente fizeram cópias e o distribuíram por todo o país, levando Méliès à falência.

    História do cinema

    Esse e outros filme históricos estão disponíveis no Telecine Play, que conta com o Festival 125 anos de cinema, com clássicos eternos da sétima arte.

    Nas áreas Pioneiras do Cinema e Primeiro cinema, do streaming, estão disponíveis filmes clássicos de Charlie Chaplin, Popeye, Betty Boop, obras dos irmãos Lumière, A Marca do Zorro, Casamento às Pressas e muito mais.

    Vale conhecer!

    Continua após o anúncio

    Viagem à Lua