cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Schwarzenegger relembra pai nazista e pede fim da guerra na Ucrânia

    Ator publicou um vídeo direcionado à Rússia e viralizou no Twitter
    Por Thamires Viana
    21/03/2022 - Atualizado há 2 meses

    No último fim de semana, o ator Arnold Schwarzenegger "viralizou" no Twitter após publicar um vídeo direcionado ao povo da Rússia. Em nove minutos, o astro pede o fim da guerra na Ucrânia e relembra a história de seu pai, Gustav Schwarzenegger, que era nazista. 

    Quando meu pai chegou a Leningrado, ele estava todo animado com as mentiras de seu governo”, diz Schwarzenegger em um trecho do vídeo que já conta com 1,3 milhões de curtidas.

    A estrela de O Exterminador do Futuro ainda relembrou as dores físicas e a culpa que o patriarca sentiu por sua filiação ao partido nazista durante a Segunda Guerra Mundial. 

    E quando ele deixou Leningrado, ele estava quebrado, física e mentalmente. Ele viveu o resto de sua vida com dor. Dor nas costas, dor dos estilhaços que sempre o lembravam de seus anos terríveis e dor da culpa que ele sentia. Aos soldados russos que ouvem esta transmissão: Vocês já sabem muito da verdade que estou falando. Você viu em seus próprios olhos. Eu não quero que você seja quebrado como meu pai", desabafou o ator. 

    Assista:

    Na publicação, o ator austro-americano também denuncia a propaganda estatal e menciona Volodymyr Zelensky, presidente da Ucrânia. “Sei que seu governo lhe disse que esta é uma guerra para desnazificar a Ucrânia. Isso não é verdade. A Ucrânia é um país com um presidente judeu. Um presidente judeu, devo acrescentar, cujos três irmãos do pai foram todos assassinados pelos nazistas", continua ele.

    No fim do vídeo, Schwarzenegger direciona a mensagem ao presidente russo Vladimir Putin e pede que o governo pare imediatamente com os ataques à Ucrânia. “Você começou esta guerra, você está liderando esta guerra, você pode parar esta guerra”, pontuou. 

    Veja também: