Sean Connery, o primeiro James Bond do cinema, morre aos 90 anos

Astro escocês estreou na franquia 007 em 1962 e deixará saudades

31/10/2020 14h21

Por Thamires Viana

Sean Connery, ator escocês que interpretou o primeiro James Bond da clássica franquia 007, morreu na madrugada deste sábado (31) aos 90 anos. Segundo informações da Variety, a morte foi confirmada por sua família, que disse que o ator morreu pacificamente enquanto dormia em sua casa nas Bahamas.

Connery se tornou uma das estrelas internacionais mais populares da história do cinema e considerado por muitos um dos melhores atores a interpretar o icônico espião. O escocês fez sua estreia no primeiro filme de Bond em 007 Contra O Satânico Dr. No, longa de 1962, e voltou ao personagem em mais cinco longas da franquia: Moscou Contra 007, de 1963, 007 Contra Goldfinger, de 1964, 007 Contra A Chantagem Atômica , de 1965 e Com 007 Só Se Vive Duas Vezes, de 1967 e 007 - Os Diamantes São Eternos, de 1971.

O astro ainda atuou em clássicos como Indiana Jones E A Última Cruzada, em 1989, e em Os Intocáveis, longa de 1987 que lhe rendeu um Oscar de Ator Coadjuvante.

Connery deixou sua esposa, a pintora Micheline Roquebrune, com quem se casou em 1975, seu filho Jason Connery, também ator, e um neto.

Veja também:

TOP 6 - Atores de James Bond, o agente 007


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus