cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Segurança preocupa organizadores do Oscar

    Por Da Redação
    19/09/2001

    Discussões em torno da segurança estão atrasando um acordo entre os organizadores do Oscar e a Kodak Theater, casa planejada para sediar a cerimônia do ano que vêm.

    Se o acordo for acertado, será a primeira vez que a premiação será feita neste teatro, parte de um empreendimento de 600 milhões de dólares em Hollywood Boulevard. Se os dois lados não se entenderem até dia 15 de outubro, o Oscar volta para o Shrine Auditorium.

    Os principais pontos que estão gerando conflito são: as lojas entre Hollywood Boulevard e o teatro, que podem atrapalhar o esquema de segurança; o tempo permitido para a caminhada das estrelas até a entrada do teatro; e vagas de estacionamento para a imprensa.

    O porta-voz da Academia, Leslie Unger, nega que os ataques terroristas da semana passada tenham influência sobre a decisão, e argumenta que as medidas já estavam em discussão. O que levou os organizadores a estabelecer um prazo para o acordo (15 de outubro) teria sido a insatisfação com o andamento das conversas.

    Recentemente, Bruce Davis, um executivo da Academia, declarou não gostar do novo espaço reservado para a cerimônia do Oscar por se parecer demais a um shopping center. Mas a porta-voz Unger afirma que o impasse se deve à logística, e não à estética.

    A cerimônia do Oscar está marcada para dia 24 de março e, por segurança, o Shrine Auditorium está reservado.