cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Selvagens é trama arrepiante sobre tráfico de drogas

    John Travolta é destaque no longa de Oliver Stone
    Por Daniel Reininger
    04/01/2021 - Atualizado há cerca de 2 meses

    Selvagens está entre os maiores destaques da semana na Netflix e não é a toa, afinal, o longa de Oliver Stone (Assassinos por Natureza) traz uma sufocante história de crime, violência e abuso de drogas. Saiba mais sobre esse longa!

    Trama

    Na história, Ben (Aaron Johnson) é um empresário e produtor de maconha. Com seu amigo Chon (Taylor Kitsch) - um Seal aposentado - controlam uma lucrativa indústria caseira, criando a melhor erva já desenvolvida. Eles também dividem um amor único por Ophelia (Blake Lively). Tudo corre bem até que traficantes do Cartel de Baja aparecem e exigem entrar no “esquema”.

     

    Opinião

    Selvagens foi recebido com visões de distintas e tem uma cotação de 54% no Rotten Tomatoes, site agregador de críticas. Para o crítico do Cineclcik, o filme deixa a desejar, apesar de divertir: "Oliver Stone não traz nada de novo sobre o mundo do tráfico de drogas. Retrata como o comércio ilegal de entorpecentes é cruel na disputa por um dos mercados mais lucrativos do mundo. Os mocinhos do longa, Chon (Taylor Kitsch) e Ben (Aaron Johnson), descobrem isso quando recebem a proposta de um cartel mexicano interessado na ótima qualidade da maconha cultivada por eles em estufas nos Estados Unidos.



    A oferta de parceria não é bem uma oferta, mas uma imposição. O Cartel de Baja precisa da droga de Chon e Ben para manter seu poderio. Quando negam a proposta milionária, provocam a ira da chefona do bando, a durona Elena Sanches (Salma Hayek), que sabe bem como convencê-los do contrário: sequestrar O (abreviação de Ophelia, nome que a bela moça interpretada por Blake Lively despreza), a namorada queridinha da dupla e narradora dos acontecimentos retratados no filme.



    Aqui reside um dos problemas de Selvagens: a explanação dos fatos por O. Ela é uma menina mimada, rica e fútil cuja vida se resume a transar com Chon e Ben (juntos ou separados), fumar maconha e fazer compras em lojas de grifes. Fica difícil acreditar que alguém tão frívolo consiga ter o entendimento completo e detalhado dos fatos que narra, mesmo que o faça com certo otimismo e um viés pseudofilosófico tolo. Ela só parece ter os pés no chão quando afirma não necesessariamente ter escapado viva, apesar de estar contando a história.

     

    Mesmo não sendo brilhante nem inovador, Selvagens é bem filmado e sua trama segura a atenção até a subida dos créditos finais. Seu demérito está nos supérfluos, como, por exemplo, o fato de O ter de dar satisfação de seu paradeiro, mesmo no cativeiro, para sua mãe invisível, e as duas opções de final apresentadas, numa espécie de "o público decide". Ainda assim, vale como diversão despretensiosa.
    "

    Continua após o anúncio

    Curiosidades

    Oliver Stone instruiu Blake Lively a fazer treinamento com arma de fogo para seu papel. Apesar de não ter experiência com armas, ela se mostrou habilidosa.

     

    Jennifer Lawrence foi originalmente escalada como O, mas desistiu para estrelar Jogos Vorazes (2012). Antes de Blake Lively ser escalada, Olivia Wilde, Abbie Cornish, Amber Heard e Teresa Palmer foram consideradas. Lindsay Lohan expressou interesse.

     

    Por motivos legais, todas as plantas de maconha do filme são artificiais. Os designers de produção visitaram produtores legais de maconha medicinal para acertar os detalhes.

     

    Uma Thurman foi co-estrela de John Travolta em Pulp Fiction: Tempo de Violência (1994) e Be Cool: O Outro Nome do Jogo (2005) foi escalada como "Paqu", é a mãe de O, mas suas cenas foram cortadas do filme.

    Personagens

    Trailer de Selvagens