cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Sem badalação, Globo de Ouro premia os melhores de 2007

    Por Da Redação
    14/01/2008

    Em uma simples premiação televisionada e sem a badalação das tradicionais cerimônias do Globo de Ouro, a Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood (HFPA) entregou na madrugada deste último domingo (13/1) as estatuetas dos vencedores da 65ª edição do prêmio.

    Para a categoria de Melhor Filme Dramático não houve surpresa. O longa vencedor foi sete vezes indicado ao prêmio Desejo e Reparação, dirigido por Joe Wright e baseado no romance de Ian McEwan. O filme concorria com O Gângster, de Ridley Scott; Senhores do Crime, de David Cronenberg; The Great Debaters, de Denzel Washington; Conduta de Risco, de Tony Gilroy, Onde os Fracos Não Têm Vez, de Joel e Ethan Coen, e Sangue Negro, de Paul Thomas Anderson. Desejo e Reparação também recebeu estatueta de Melhor Trilha sonora.

    Ainda no gênero dramático, como Melhor Atriz venceu Julie Christie, por Longe Dela, dirigido por Sarah Polley. A estatueta de Melhor Ator foi para Daniel Day-Lewis, pelo aclamado Sangue Negro, de Paul Thomas Anderson.

    O prêmio de Melhor Diretor foi entregue para o cineasta Julian Schnabel por O Escafandro e a Borboleta, filme que ganhou ainda o prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira. O longa traz a história do editor da revista Elle que sofre um derrame cerebral, fazendo com que o único movimento que tenha em seu corpo seja o do olho esquerdo.
    Schnabel concorria com Tim Burton (Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet), Ethan e Joel Coen (Onde os Fracos Não Têm Vez), Ridley Scott (O Gângster) e Joe Wright (Desejo e Reparação).

    Mas os irmãos Coen não ficaram de mãos abanando e levaram o prêmio de Melhor Roteiro por Onde os Fracos Não Têm Vez, longa que também ajudou Javier Bardem a receber a estatueta de Melhor Ator Coadjuvante. Já como Melhor Atriz Coadjuvante a premida foi Cate Blanchett por sua atuação no longa do diretor Todd Haynes Não Estou Lá, cinebiografia ficcional do astro da música Bob Dylan.

    Na categoria de Melhor - Comédia ou Musical, o vencedor foi Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet, que rendeu ao ator Johnny Depp a estatueta de Melhor Ator - Comédia ou Musical. Na mesma categoria venceu como Melhor Atriz Marion Cotillard, por Piaf - Um Hino ao Amor.


    Confira a lista completa do 65º Globo de Ouro:

    CINEMA

    Melhor Filme - Drama: Desejo e Reparação

    Melhor Filme - Comédia ou Musical: Sweeney Todd - O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet

    Melhor Diretor: Julian Schnabel (O Escafandro e a Borboleta)

    Melhor Roteiro: Ethan e Joel Coen (Onde os Fracos Não Têm Vez)

    Melhor Ator - Drama: Daniel Day-Lewis (Sangue Negro)

    Melhor Ator - Comédia ou Musical: Johnny Depp (Sweeney Todd - O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet)

    Melhor Atriz - Drama: Julie Christie (Longe Dela)

    Melhor Atriz - Comédia ou Musical: Marion Cotillard (Piaf - Um Hino ao Amor)

    Melhor Ator Coadjuvante: Javier Bardem (Onde os Fracos Não Têm Vez)

    Melhor Atriz Coadjuvante: Cate Blanchett (Não Estou Lá)

    Melhor Canção Original: Guaranteed, de Na Natureza Selvagem

    Melhor Filme de Animação: Ratatouille

    Melhor Trilha Sonora: Dario Marianelli, de Desejo e Reparação

    Melhor Filme em Língua Estrangeira: O Escafandro e a Borboleta


    TELEVISÃO

    Série Dramática: Mad Men

    Atriz Dramática: Glenn Close, por Damages

    Ator Dramático: Jon Hamm, por Mad Men

    Série Musical ou Comédia: Extras

    Atriz de Musical ou Comédia: Tina Fey, por 30 Rock

    Ator de Musical ou Comédia: David Duchovny, por Californication

    Minissérie ou Filme de Televisão: Longford (HBO)

    Atriz de Minissérie ou Filme para Televisão: Queen Latifah, por Life Support

    Ator de Minissérie ou Filme para Televisão: Jim Broadbent, por Longford

    Atriz Coadjuvante de Série, Minissérie ou Filme para Televisão: Samantha Morton, por Longford

    Ator Coadjuvante de Série, Minissérie ou Filme para Televisão: Jeremy Piven, por Entourage