Sem Seu Sangue: intensidade do primeiro amor destaca novo longa nacional

Primeiro filme da diretora Alice Furtado estreia em São Paulo no dia 10 de outubro e em Manaus no próximo dia 15

06/10/2020 15h00 (Atualizado em 09/10/2020 19h37)

Por Thamires Viana

Sem Seu Sangue, primeiro longa da diretora carioca Alice Furtado, chega neste sábado, dia 10 de outubro, no Espaço Itaú Augusta, em São Paulo. Já em Manaus, a estreia está marcada para o dia 15 de outubro, próxima quinta-feira.

Em cinemas selecionados do Rio de Janeiro e Fortaleza, cidades que já estão com salas abertas, o longa já está sendo exibido desde o dia 08 de outubro.

Exibido na Quinzena dos Realizadores do 72º Festival de Cannes, na 43ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo em 2019, e no Festival Internacional de Cinema do Rio, o longa acompanha a história de Silvia, uma jovem introspectiva que vê em Artur, seu primeiro amor, uma nova perspectiva de vida, mas um acidente muda para sempre seus planos.

Conheça mais sobre Sem Seu Sangue:

História

Sem Seu Sangue retrata a intensidade que encontramos no primeiro amor a partir da perspectiva de Silvia, personagem de Luiza Kosovski, uma adolescente introspectiva e desinteressada pela rotina, que acredita ter encontrado em Artur, vivido por Juan Paiva, algo que a faça se sentir mais viva.

Eles se conhecem quando, inesperadamente, o jovem passa a integrar sua turma no colégio depois de ter sido expulso de várias outras escolas. Em pouco tempo, Silvia se encanta pela forma como o garoto leva vida, quase como quem não se importa com nada ao seu redor. Porém, ela descobre que ele sofre de hemofilia, uma doença hereditária que impede o sangue de coagular corretamente. O jovem casal mergulha em um relacionamento intenso e delicado, que é interrompido por um grave acidente que abala e muda para sempre a vida de Silvia. 

Singularidade

Cena do filme Sem Seu Sangue

O longa é daqueles que você assiste e passa horas pensando em cada um dos detalhes de sua abordagem. É intenso em sua história e singelo nos detalhes que a cercam. Em Sem Seu Sangue, Alice Furtado traz elementos que mudam o rumo da trama em questão de segundos, fazendo do longa algo único no audiovisual brasileiro. Dando início como um drama envolvo à doenças e desamparo, vemos o roteiro assumir uma outra posição no final do segundo ato, partindo para uma abordagem mais sombria que beira o horror.

É possível ver que o desespero de Silvia vai se tornando cada vez mais enraizado dentro de uma mente que não sabe bem como externar os próprios conflitos e sentimentos, e que justificam suas atitudes em relação a esse intenso e verdadeiro amor que encontra em Artur.

Produção

Sem Seu Sangue foi inteiramente filmado nas cidades do Rio de Janeiro e Paraty. No Rio, as locações passaram por lugares específicos e pouco explorados como a estação de São Cristóvão e o mangue da Barra, mas também lugares dos quais a diretora Alice Furtado tem uma memória afetiva forte, como o colégio onde estudou, o CAP/UFRJ. Em Paraty as filmagens foram nas praias e arredores de Trindade, que fora de temporada parecem bastante selvagens e praticamente desertas.

Alice também o roteiro do longa em parceria com Leonardo Levis. No elenco, além de Luiza Kosovski e Juan Paiva, nomes como Digão Ribeiro, Silvia Buarque, Lourenço Mutarelli, Ismar Tirelli Neto, Valentina Luz e Nahuel Perez Biscayart integram o time de atores. No Brasil, a distribuição é da Vitrine Filmes.

Sem Seu Sangue chegou aos cinemas selecionados do Rio de Janeiro e Fortaleza no dia 08 de outubro. Em São Paulo, o longa faz sua estreia no dia 10 no Espaço Itaú Augusta. Já em Manaus, o filme tem lançamento marcado para o dia 15. Após as exibições nas salas, Sem Seu Sangue passará a integrar o catálogo da Netflix.

Confira o teaser oficial:

Veja também:

Tudo sobre cinema nacional

Entrevista: Diretora Alice Furtado revela detalhes do drama nacional Sem Seu Sangue


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus