cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Série 'O Legado de Júpiter' falha e é cancelada pela Netflix

    Série não agradou e não ganhará nova temporada, mas spin-off está em produção
    Por Daniel Reininger
    04/06/2021 - Atualizado há 4 meses

    O Legado de Júpiter, série dos heróis baseados no universo de Mark Millar, foi cancelado pela Netflix. Embora pareceça uma surpresa, a baixa qualidade da série e das atuações são as melhor explicação para esse cancelamento, além, é claro, do alto custo de U$ 200 milhões.

    Após inúmeras críticas, o seriado encontrou seu fim de forma melancólica com um anúncio de Millar, criador da HQ ao lado de Frank Quitley.

     Entretanto, o roteirista não se deu por vencido e anunciou um spin-off. A postagem diz:

     “Estou muito orgulhoso do que a equipe alcançou com O Legado de Júpiter e do trabalho incrível que todos fizeram naquela temporada de origem.

    Sempre adorei histórias de crime, de Martin Scorsese a Quentin Tarantino, e os super vilões são sempre a parte mais divertida de qualquer história de super-herói.

    Fazer algo exclusivamente focado nos vilões contra os quais eles lutam parece incrivelmente novo enquanto exploramos o que é ser um vilão em um mundo repleto de mocinhos que querem colocá-lo na prisão.

    O Legado de Júpiter é um espaço vasto e rico com muitos personagens para mim e por isso estou feliz em compartilhar que nosso próximo passo aqui é uma versão em live-action da história em quadrinhos Supercrooks, que criei com Leinil Francis Yu alguns anos atrás."

    Veja a postagem:

    Opinião

    O Legado de Júpiter, da Netflix, mirou em The Boys, mas acertou em Casos de Família. Não é à toa que já foi cancelada!

    É verdade que a obra original de Mark Millar é uma das grandes obras dos quadrinhos, mas a série é tão confusa e enfadonha que foi difícil ter coragem de terminá-la.

    O Legado de Júpiter não é sobre combater o crime e sim sobre os filhos que nunca pediram por esses poderes e lutam para trilhar o próprio caminho. 

    Embora a premissa seja interessante, a série da Netflix peca com uma montagem caótica, personagens fracos e dramas familiares que não passam de clichês.

    Sem dúvida, é difícil criar seu próprio universo realista de super-heróis, mas essa série falha nos pontos mais básicos e parece ter se apoiado totalmente na premissa e em Millar para se sustentar, sem pensar na importância dos detalhes e de entregar uma série com qualidade em todos os aspectos.

    Spin-off

    A série live-action sobre um grupo de vilões que elaboram um grande assalto está em estágio inicial de desenvolvimento.

    A Netflix comprou a Millarworld, o mundo criado pelo roteirista, em 2017, e tem vários projetos anunciados e em produção. O Legado de Júpiter foi o primeiro deles a ser lançado.

    Futuro

    Com muitos projetos daqui para frente ambientados nesse mesmo universo, quem quiser encarar O Legado de Júpiter pode encontrar a primeira temporada na Netflix.

    Trailer de O Legado de Júpiter

    Veja mais