cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Séries que você não sabia que eram baseadas em livros (e o que elas têm de diferente)

    Você sabe se a sua série favorita é baseada em um livro e, se sim, quais as diferenças do original?
    Por Da Redação
    12/03/2021 - Atualizado há 6 meses

    Dizem que nada supera um bom livro, mas será que nem mesmo uma série é capaz? É muito provável que alguma série que você já tenha maratonado nos streamings era na verdade uma adaptação de uma obra literária. No caso, mesmo que ela seja super fiel à história original, provavelmente traz uma ou outra divergência - o que pode até ser um acréscimo à narrativa.

    Ficou curioso? Nesta lista, reunimos 6 séries que você não sabia que foram baseadas em livros e o que elas têm de diferente das obras originais.

    Little Fires Everywhere

    Em Little Fires Everywhere, somos apresentados a duas famílias completamente opostas. Uma é a de Elena Richardson (Reese Witherspoon), que tem alto poder aquisitivo e uma estrutura bem tradicional, outra é a de Mia Warren (Kerry Washington), mãe solo e artista que tem uma vida itinerante com sua filha adolescente. O encontro dessas duas realidades causa diversos conflitos e muda para sempre o rumo das famílias.

    Diferenças série x livro

    Em 2020, a série Little Fires Everywhere estreou, atraindo muitos elogios pela narrativa e também pelas críticas sociais abordadas, principalmente o racismo sofrido por Mia e sua filha. No entanto, apesar do livro homônimo, escrito por  Celeste Ng, também abordar questões importantes, racismo não é uma delas. Na realidade, a raça de Mia e Pearl nunca é abordada e a maior distinção entre os Richardson e as Warren é o poder aquisitivo. Outro tema que foi acrescentado à série foi a sexualidade de Izzie: enquanto no livro ela não se encaixa no seu cotidiano e na escola, na série isso é intensificado por estar apaixonada pela amiga.

    Gostou? Você pode conferir essa série na Amazon Prime!

    Defending Jacob

    Nesta série, a família Barber tem a sua vida virada de ponta cabeça quando o filho do casal, Jacob (Jaeden Martell), é acusado de matar uma colega de classe. Enquanto os pais do garoto, Andrew (Chris Evans) e Laurie (Michelle Dockery), lutam para provar sua inocência, a investigação se desenrola com inúmeras reviravoltas e tornando o suspense ainda maior. 

    Diferenças série x livro

    Apesar de ser baseado no livro de mesmo nome, escrito por William Landay, a série Defending Jacob tem um final bem diferente do original. Cuidado: a partir daqui terá spoilers! No final do livro, a família Barber vai para a Jamaica e lá Jacob conhece uma garota chamada Hope Connors. Logo depois, ela é encontrada morta na praia e, em seguida, o acidente causado por Laurie resulta na morte de Jacob. Já na série, a família vai para o México e, enquanto Hope (Jessi Case) é dada como desaparecida, Jacob sobrevive. A questão que fica é se o menino será capaz de perdoar a mãe por tudo.

    Não perca: confira essa série na Apple+!

    Objetos Cortantes

    Na trama, a jornalista Camille Preaker (Amy Adams) volta à sua cidade natal, Wind Gap, para cobrir um furo de reportagem. Ela se vê obrigada a se reencontrar com a sua mãe, Adora Crellin (Patricia Clarkson) e a enfrentar traumas da sua infância enquanto tenta resolver o caso de desaparecimento de duas adolescentes.

    Diferenças série x livro

    O livro da aclamada autora de suspense Gillian Flynn tem algumas divergências em relação à série de mesmo nome. Enquanto a automutilação de Camille aparece logo no começo (e inclusive os ferimentos estão ligados aos títulos de cada episódio), no livro essa revelação é feita somente depois da página 60. Outra questão bem diferente nas duas versões é o final. Na série, Camille descobre as evidências do crime mais rápido, já no livro, há mais uma vítima antes do culpado vir à tona - e, com ele, um grande plot-twist nas duas obras.

    Assista a Objetos Cortantes na HBO Go!

    Objetos Cortantes | Trailer oficial

    Little Birds

    Little Birds se passa em 1955, quando Lucy Savage (Juno Temple), herdeira norte-americana prometida em casamento a Hugo Cavendish-Smyth (Hugh Skinner), chega à cidade portuária de Tânger. Depois da cerimônia, Lucy percebe que seu casamento não será bem o que esperava e é questão de tempo até ela mergulhar de cabeça no submundo da cidade.

    Diferenças série x livro

    O livro homônimo de Anaïs Nin, que serve de inspiração para a série, na realidade é uma coletânea de contos eróticos. Ele é ambientado em Tânger, 1955, antes da independência do Marrocos (que aconteceu um ano depois), mas não foi filmado na região. No caso, a série foi gravada no Sul da Espanha, aproveitando os resquícios árabes na região para trazer à vida uma atmosfera única e luxuosa para a série.

    Você pode conferir essa série na Amazon Prime!

    Good Omens

    A série Good Omens acompanha o anjo Aziraphale (Michael Sheen) e o demônio Crowley (David Tennant) que, apesar de suas diferenças, nutrem uma estranha amizade. Quando eles ficam sabendo que o anticristo se aproxima para destruir a Terra, os dois se juntam para impedi-lo.

    Diferenças série x livro

    Good Omens, livro de Neil Gaiman e Terry Pratchett, serviu de base para a série de mesmo nome da Amazon Prime e, de fato, muitos acontecimentos são bem fiéis ao original. No entanto, algumas diferenças valem ser citadas e uma delas é o começo e consequentemente construção da amizade de Aziraphale e Crowley. No livro, isso é um fato dado, mas na série diversos acontecimentos justificam essa relação, algo que sem dúvida conquista o público. Outra mudança é a ausência de uma das cenas mais famosas do livro - o aparecimento dos Cavaleiros do Apocalipse no café The Happy Porker. Por questões de falta de orçamento, ela teve que ficar de fora para decepção dos fãs.

    The Haunting of Hill House

    A série The Haunting of Hill House conta sobre a relação da família Crain com a mansão Hill House. A narrativa se dá em duas linhas do tempo: uma nos dias atuais e outra com lembranças de eventos que culminaram com a fuga da família do casarão, em 1992. Acontecimentos no presente fazem com que os irmãos tenham que enfrentar novamente o que viveram na Hill House há tantos anos.

    Diferenças série x livro

    A série The Haunting of Hill House ambienta bem a história de mistério e terror, mas difere consideravelmente do livro que a inspirou. A principal divergência entre a obra de Shirley Jackson e a série da Netflix é que o original não dá respostas fáceis. No caso, enquanto a série apresenta fantasmas e espíritos, na história de Jackson fica a dúvida se a casa é realmente amaldiçoada ou se a instabilidade mental da personagem Nell faz com que ela esteja realmente enlouquecendo.

     

    Você já sabia que essas séries eram inspiradas em livros? Deixe um comentário para a gente nas redes sociais.