cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Sharon Stone processa diretor por falsificação de documentos

    Atriz pede uma indenização de US$ 500 mil
    Por Gustavo Assumpção
    20/02/2014

    A atriz Sharon Stone entrou com um processo contra o diretor e produtor Bob Yari por ter sido coagida a falsificar documentos, revelou o site TMZ. A atriz revelou que o crime aconteceu porque ela precisava de autorização para as filmagens da cinebiografia do escritor Ernest Hemingway em Cuba. 

    Segundo ação apresentada pela atriz, Yari pediu pra que ela mentisse "em seu pedido de licença aos órgãos governamentais dos Estados Unidos, afirmando que a viagem à Cuba tinha apenas fins culturais".

    A atriz pede uma indenização de US$ 500 mil, mais ou menos R$ 1,2 milhão. 

    Stone ainda alega que foi convenciada a abrir mão de outros projetos, mas foi excluída do filme quando se recusou a viajar sem a documentação necessária.

    Bob Yari revelou ao jornal Daily News que também está entrando com um processo contra a atriz, dessa vez por quebra de contrato. "Estou muito desapontado. É uma situação em que ela me deu sua palavra, e nós fechamos para filmar em dezembro de 2012 e, a dois meses do início das filmagens, ela exigiu quase o dobro do cachê".

    Ambos os casos serão julgados pela corte de Los Angeles