cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Spielberg vai produzir e deve dirigir filme sobre controvérsia religiosa

    Antes o cineasta deve se decidir por filmar Robopocalypse ou Montezuma
    Por Roberto Guerra
    20/04/2014

    Embora não tenha confirmado a direção, Steven Spielberg vai produzir o drama religioso O Rapto de Edgardo Mortara, que tem roteiro de Tony Kushner (Munique, Lincoln). As informações são da revista norte-americana Variety.

    A história do filme é baseada no livro de David Kertzer, que mostra a trama de um judeu italiano que é tirado dos pais aos sete anos e é criado pela Igreja Católica.

    O caso aconteceu em 1858 e gera controvérsia até os dias atuais. Mortara nasceu e foi criado judeu durante os primeiros seis anos de sua vida, até que foi sequestrado da casa de sua família pelas autoridades da Igreja Católica que assumiram a guarda do menino depois de receber um relatório que afirmava que Edgardo havia sido batizado de emergência por uma empregada doméstica durante uma grave doença infantil.

    A justificativa para esta ação era de que nos Estados Pontifícios existia uma lei que proibia não-católicos de criar crianças católicas. Mortara, o personagem principal, mais tarde virou um padre na ordem Augustina.

    Esse não será o próximo projeto de Spielberg, que atualmente decide entre Robopocalypse e Montezuma. Segundo a publicação, é provável que Spielberg opte por Robopocalypse, que é uma coprodução entre a DreamWorks (produtora da qual é sócio) e Fox. Na trama a raça humana corre risco de sobrevivência após o surgimento de uma rebelião das máquinas liderada por robôs.