cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Spike Lee critica Bolsonaro durante Festival de Cannes

    Presidente do júri, o cineasta chamou o atual presidente de gângster
    Por Thamires Viana
    06/07/2021 - Atualizado há 21 dias

    Durante a coletiva de imprensa que abriu o Festival de Cinema de Cannes nesta terça-feira (06), o cineasta Spike Lee, presidente do júri, fez críticas a Jair Bolsonaro, atual presidente do Brasil, e também a Donald Trump (ex-presidente dos EUA) e Vladimir Putin (presidente da Rússia).

    Cercado dos membros do júri, que inclui o cineasta brasileiro Kleber Mendonça Filho, Lee afirmou que os três são "gângsters, sem moral ou escrúpulos".

    Assista:

    "Este mundo é comandado por gângsters. Agente laranja (referência a Donald Trump) , aquele cara do Brasil (Jair Bolsonaro) e Putin. Eles são gângsters e farão o que quiserem fazer. Eles não têm moral. Não têm escrúpulos. E esse é o mundo em que vivemos e temos que nos posicionar contra gângsters como esses."

    Continua após o anúncio

    Festival de Cannes 2021

    Na edição deste ano, cinco mulheres e quatro homens integram o júri presidido por Spike Lee. Além de Kleber, estarão presentes Jessica Hausner, Mati Diop, Maggie Gyllenhaal, Mylène Farmer, Mélanie Laurent e Song Kang-ho.

    O Festival de Cinema de Cannes começou nesta terça (06) e vai até o dia 17 de julho.

    Veja também: