cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Stephen King diz "não considerar diversidade" ao escolher arte

    Escritor é o responsável por obras como Carrie, A Estranha e O Iluminado
    Por Alexandre Dias
    15/01/2020

    Após a divulgação dos indicados ao Oscar 2020, o escritor Stephen King fez uma declaração polêmica sobre a diversidade na arte. O autor de obras como Carrie, A Estranha e O Iluminado colocou em cheque a relevância da pluralidade de pessoas nos filmes. 

    "Como escritor, posso ser indicado em apenas três categorias: Melhor Filme, Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Roteiro Original. Para mim, a questão da diversidade - da forma que se aplica aos atores e diretores individualmente - não surgiu. Dito isso...", explica King inicialmente. 

    "Eu jamais consideraria a diversidade em detrimento da arte. Apenas qualidade. Me parece que fazer o contrário seria errado", completa. A fala do autor vem justamente em uma época onde as indicações limitadas ao Oscar a artistas de diferentes gêneros e etnias são discutidas. 

    Continua após o anúncio

    King já teve várias adaptações de suas obras para diferentes mídias. A mais recente delas é The Outsider, que foi levada às telas pela HBO

    Quanto ao Oscar 2020, o grupo de vencedores também promete render vários debates nas rodas de discussão. A cerimônia ocorre no dia 09 de fevereiro. 

    Veja também: Oscar: Relembre quem já levou estatueta de Melhor Filme