cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Sylvester Stallone se diz favorável ao controle de armas nos EUA

    Ator disse ainda ser necessário avaliar a saúde mental dos proprietários
    Por Roberto Guerra
    02/02/2013

    Sylvester Stallone (Os Mercenários 2), que fez carreira no cinema empunhando uma arma, declarou esta semana ser favorável ao à legislação de controle nacional de armas nos EUA.

    Stallone apoiou o "Brady Bill" de 1994 que incluía a proibição, agora expirada, de armas semiautomáticas, e espera que a restrição seja reintegrada.

    "Eu conheço pessoas que ficam aborrecidas e dizem ‘Eles vão levar embora as armas semiautomáticas’. Quem precisa de uma arma semiautomática? Realmente, a não ser que você esteja cometendo um assalto...você não pode caçar com ela...e quem poderia atacar sua casa, um exército?", disse Sly.

    O ator e diretor comentou ainda que espera que um foco adicional em saúde mental previna futuros tiroteios em massa.

    "É incrivelmente horrível, o que aconteceu. Eu acho que o maior problema não é haver tantas armas. É que cada uma dessas pessoas que fez essas coisas nos últimos 30 anos é totalmente louca. É aí que está: saúde mental", disse ele. "Para mim esse é o nosso maior problema no futuro, insanidade somada à isolamento". 

    Stallone está atualmente trabalhando em seu próximo projeto em parceria com Robert De Niro, Grudge Match, sobre dois boxeadores idosos.