cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Tarantino exclui Sofia Coppola dos melhores de 2010 e se diz envergonhado

    Diretor diz que não levou em consideração filmes do Festival de Veneza
    Por Da Redação
    07/01/2011

    O diretor Quentin Tarantino (Bastardos Inglórios) surpreendeu a todos apontando Toy Story 3 como o melhor filme de 2010, mas um detalhe em sua lista foi ainda mais curioso: ele deixou de fora Um Lugar Qualquer, de Sofia Coppola, após premiá-lo como Melhor Filme no Festival de Veneza do ano passado.

    Tarantino foi presidente do júri na edição de 2010 do festival e chegou a ser acusado de beneficiar Sofia, que é sua ex-namorada e levou o Leão de Ouro na ocasião. "Eu estou um pouco envergonhado por isso, na verdade", disse Tarantino sobre a lacuna em entrevista à Vulture. Mas se justificou: "Eu simplesmente não considerei nenhum dos filmes que vi em Veneza na lista. O mundo já sabe o que eu acho desses filmes. Eu os coloco em uma seção diferente (...), se eu soubesse que iam prestar atenção nisso, o filme teria ficado nos meus dez favoritos".

    Sobre as acusações que a imprensa italiana fez sobre a vantagem que o longa teria em função da relação entre os dois, Tarantino é categórico: "Ser amigo dela não afetou a mim ou ao júri de forma alguma. Os outros membros não a conheciam. Eles apenas amaram o filme." A estreia brasileira de Um Lugar Qualquer está marcada para 28 de janeiro.