cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Tarantino recebe elogios e insultos em clube nova-iorquino

    Por Da Redação
    02/12/2010

    O diretor Quentin Tarantino (Bastardos Inglórios) recebeu nesta quarta-feira (1) um "roast" - nome dado a uma espécie de homenagem onde o convidado é alvo tanto de piadas quanto de homenagens, por parte de profissionais que trabalharam com ele.

    Segundo o Worst Previews, Jeff Ross (Garfield 3D - Um Super Herói Animal) começou falando que Tarantino era uma palavra italiana para "plágio" e que seu estilo de direção era o mesmo que o de um "Martin Scorseso-so" (significando que era um Scorsese piorado). Após diversas piadas, como a de Tarantino ser "um bastardo com aparência inglória", ele elogiou o diretor, dizendo que ele "mudou a face do cinema". Rob Schneider (Gente Grande), em meio às piadas de Tarantino, soltou que John Travolta (Dupla Implacável) não compareceu ao evento por estar numa "convenção de homossexuais em conflito que acreditam em extraterrestres".

    Uma Thurman (Marido por Acaso) chegou a dizer que, após aborrecê-lo nas gravações de Kill Bill, Tarantino falou que na próxima vez que eles gravassem, a cadeira dela teria estampado "cadela". Ela respondeu que se por acaso ela viesse a trabalhar de novo com ele algum dia, ele poderia colocar "idiota" na cadeira.

    Sarah Silverman (Rent - Os Boêmios), Whitney Cummings e Michael Madsen (Kill Bill: Vol. 1) estavam entre os outros convidados, que foram mediados por Samuel L. Jackson (Homem de Ferro 2) no Friars Club, de Nova York. Infelizmente, o evento não foi gravado. Seria bom para podermos ver o diretor bebendo vinho em um sapato de Uma Thurman, como evidência de seu famoso fetiche por pés. E, sim, isso aconteceu.