cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    'The Boys' volta ainda mais sem vergonha e violenta na terceira temporada

    Série do Prime Video é um espetáculo de sangue e humor sombrio
    Por Daniel Reininger
    03/06/2022 - Atualizado há cerca de 1 mês

    As adaptações de quadrinhos se tornaram comuns, mas nenhuma é tão ousada, adulta e interessante quanto The Boys, que volta para a nova temporada ainda mais divertida e absurda, capaz de equilibrar elementos cômicos e questões profundas da sociedade em meio a muita violência.

    A série voltou para a sua terceira temporada ainda mais sem vergonha e cheia de momentos viscerais. Por isso mesmo você precisa assisti-la hoje mesmo!

    Terceira temporada

    A terceira temporada traz Butcher (Karl Urban), Hughie (Jack Quaid), Frenchie (Tomer Capone), M.M. (Laz Alonso) e Kimiko (Karen Fukuhara) quase um ano após o final da segunda temporada. Butcher trabalha sob o comando de Hughie no Federal Bureau of Superhuman Affairs, que realmente pretende regular as atividades dos supers, mas essa série não vai deixar de aumentar ainda mais a depravação desses seres poderosos.

    A Vought International e Homelander (Antony Starr) ainda sofrem com a polêmica revelação de que Stormfront (Aya Cash) era uma nazista. Stan Edgar (Giancarlo Esposito) tira o status de Homelander e força o super a sorrir enquanto pede desculpas forçadas ao público. 

    O personagem de Antony Starr se mostra cada vez mais um animal acuado. E é aí que as coisas começam a piorar.

    Mais violenta

    Cada detalhe de The Boys é bem pensado e contribui para criar uma história ainda mais atraente. Com elenco incrível e atuações inspiradas, a série ganha ainda pela qualidade da produção, ótimos efeitos especiais, elementos visuais marcantes e trilha sonora sensacional. Esse cuidado faz desse programa algo único.

    No terceiro ano, The Boys ganha muito com o maior aprofundamento dos personagens e os novos arcos apresentados, enquanto ainda critica as corporações norte-americanas, políticos, lobistas e executivos inescrupulosos, dessa vez com comentários inteligentes inclusive sobre os serviços de streaming.  

    Além disso, a série continua a subverter a cultura dos super-heróis e é capaz de divertir com histórias convincentes e, muitas vezes, esquisitas, ainda capaz de surpreender mesmo quando você acha que sabe para onde as coisas estão caminhando.

    Antony Starr está cada vez melhor como Homelander (Capitão Pátria), que entra num espécie de depressão ao perder seu status de maior herói norte-americano. Starr faz um tremendo trabalho no papel de estrela em decadência, um homem que deve sorrir enquanto implora perdão ao público e, ao mesmo tempo, desconta sua raiva de formas nada saudáveis. E obviamente as coisas não ficam só nisso.

    Entre as novidades, a entrada de Jensen Ackles como Soldier Boy é a adição mais significativa à terceira temporada. Ele é o Capitão América misógino, com sorriso desprezível e moral corrupta, que acredita que o país sempre está sob ameaça. E caso esteja se perguntando, sim, Ackles manda bem no papel.

    Destaque também para Chace Crawford, que continua a fazer de Deep um dos personagens mais surpreendentemente interessantes do programa após o arco de “redenção” da segunda temporada após a acusação de agressão sexual que cometeu contra Starlight

    No fim das contas, todo o elenco se mostra cada vez mais confortável com seus personagens e cada personagem ganha seu momento sob os holofotes.

    Além disso, essa temporada de The Boys não economiza nos atos de violência e ação. Ninguém está a salvo da depressão de Homelander ou da fúria de Butcher. Esta temporada prometia ser a mais sangrenta e consegue mesmo essa façanha!

    Pois é, a nova temporada é ainda mais forte e garante um clima de tensão ainda mais intenso e está imperdível. Tudo isso sem deixar a diversão de lado, como deve ser.

    Assista

    The Boys continua sombria, violenta e uma das melhores séries de TV da atualidade. A Amazon Prime Video se supera com mais uma obra original de qualidade impecável, adaptação da HQ criada por Garth Ennis e Darick Robertson.

    As duas primeiras temporadas estão na Amazon Prime Video e a terceira temporada ganha episódios todas as sextas.

    Veja mais