cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    The Contender estréia nos EUA sob acusações de manipulação política

    Por Da Redação
    20/11/2000

    A estréia de The Contender nos Estados Unidos foi marcada por uma grave acusação de manipulação política contra os donos do estúdio DreamWorks, entre eles, Steven Spielberg.

    Segundo afirmou o ator Gary Oldman, em entrevista à revista Première, eles teriam editado o filme de forma a fazer de seu personagem, o deputado republicano Shelly Runyon, o vilão da história. E, assim, teriam transformado o filme numa peça de propaganda em favor do Partido Democrata.

    Em outra época, o assunto ganharia destaque moderado na imprensa norte-americana. Mas, como o filme estreou poucas semanas antes da mais equilibrada (e confusa) eleição da história dos EUA, a polêmica ganhou corpo.

    A versão final do filme não deixa dúvidas: de fato, os republicanos têm a sua imagem satanizada, enquanto a candidata a vice-presidente, a democrata Laine Hanson (Joan Allen), chega a causar irritação de tão pura e honesta.