cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    The Winx: Relembre o desenho que inspirou o live-action da Netflix

    A saga mágica que marcou a nossa infância está no streaming
    Por Da Redação
    15/12/2020 - Atualizado há 5 dias

    Para poder curtir a série com tudo fresquinho na cabeça, fizemos um apanhado informativo super útil para relembrar o desenho que marcou a infância de todos nós.

    Winx ClubDivulgação

    O Desenho

    Criado por Iginio Straffi, produzido pela Rainbow SpA e pelo canal de tv NickelodeonWinx Club foi lançado em 2004 nos Estados Unidos. Por ser o primeiro desenho animado italiano vendido para os Estados Unidos, a atração ganhou o coração dos americanos e logo foi exportado para o mundo todo. A história de Bloom, uma garota comum que é aceita em uma escola de fadas, e suas amigas Stella, Musa, Tecna e Flora foi a inovação do universo da fantasia que os desenhos precisavam.

    O episódio piloto "Magic Bloom", começou a produção em 1999. Desde então, seu criador Iginio Straffi delineou a trama do programa para durar apenas três temporadas, mas com a popularização da série, ele estendeu para 4 temporadas e diversas outras mídias para adaptar o seu desenho.

    O Segredo do Reino PerdidoDivulgação

    Filmes

    Além de ser um sucesso nas telinhas, as fadas de The Winx foram direto pras telonas, protagonizando os longas O Segredo do Reino Perdido (2007), Aventura Mágica (2010) e O Mistério do Abismo (2014). Depois do ótimo retorno do público infantil e infanto-juvenil, uma parceria com a Netflix foi fechada para a criação do live-action.

    Fate: A Saga WinxDivulgação

    Série

    Com um elenco de peso, formado por Abigail Cowen como Bloom, Hannah van der Westhuysen como Stella, Precious Mustapha como Aisha, Eliot Salt como Terra, Elisha Applebaum como Musa e Sadie Soverall como Beatrix, vemos algumas diferenças instigantes serem adicionadas, mas a essência do desenho se mantém. 

    Conteúdo Relacionado