cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Transformers é a pior franquia bilionária do cinema

    Apesar do sucesso, franquia tem poucos pontos positivos
    Por Daniel Reininger
    20/07/2021 - Atualizado há 7 dias

    Transformers é um sucesso mundial, afinal a adaptação para as telonas dos clássicos brinquedos da Hasbro já trouxe bilhões de dólares aos bolsos da Paramount Pictures.

    Repleto de filmes de qualidade duvidosa, uma das raras exceções é Bumblebee, um dos melhores filmes da franquia. Divertido e fofo, funciona com uma aventura mais contida e próxima da série original. 

    Outra dessas raridades é o primeiro filme da franquia, o longa de 2007 que faz aniversário hoje. Entenda porque a franquia é um sucesso, mesmo com tantos filmes ruins:

    Trama original

    Durante séculos, duas raças alienígenas robóticas - os Autobots e os Decepticons - estiveram em guerra, colocando em risco o destino do Universo.

    Quando a batalha alcança a Terra, só o que separa os perversos Decepticons do poder total é uma pista guardada pelo adolescente Sam Witwicky (Shia LaBeouf), cujas preocupações, até o momento, estavam relacionadas apenas aos amigos, carros, escola e garotas. 

    Antes que consigam entender o que está acontecendo, Sam e sua amiga Mikaela (Megan Fox) se vêem bem no meio do confronto dos robôs gigantes. E, depois de conhecerem os Autobots, compreendem o verdadeiro motivo: o garoto guarda consigo a chave de um segredo que pode ser a única chance de sobrevivência da humanidade. A partir daí, ele vai descobrir o verdadeiro sentido do lema da sua família: "Sem sacrifício, não há vitória".

    Opinião

    Dirigido por Michael Bay (A Ilha), Transformers traz de volta às telonas os robôs da popular linha de brinquedos e desenhos animados que povoaram a infância dos que a viveram nos anos 80.  

    Com efeitos especiais impressionantes, especialmente nos momentos em que os personagens alienígenas passam por transmutações, Transformers é um grandioso filme de ação.

    Mesmo o longa original não possui um roteiro bom, muito menos personagens aprofundados e toda a narrativa se baseia em clichês. Só que não há como negar que a produção cumpre seu papel de proporcionar um entretenimento vazio e barulhento ao público que procura isso no cinema.

    E olha que estamos falando de um dos melhores filmes da franquia, o original, de 2007. Daí pra frente, a coisa desanda de uma forma bizarra e triste de assistir. 

    Cada filme após esse é um desastre, com menos roteiro, mais cenas de ação difíceis de entender e personagens cada vez menos interessantes.  E todos sofrem com o mesmo problema: a confusão visual e o exagero sem profundidade típicos de Michael Bay.

    Isso continuou até Bumblebee, a luz no fim do túnel no que parecia ser uma uma franquia fadada à mediocridade. Não que o último longa da franquia seja maravilhoso, não é, mas supera em muitos seus anteriores em todos os aspectos. 

    Apesar das falhas da franquia como um todo, Transformers é um sucesso porque desperta o lado infantil do espectador, independentemente da idade, e ver robôs gigantes duelando e destruindo cidades é uma fantasia com bastante apelo, por pior que os filme sejam.

    Continua após o anúncio

    Assista o primeiro e Bumblebee

    Se for ver ou rever algum, não perca seu tempo com as sequências. Os únicos filmes que valem mesmo a pena são: Transformers, que você encontra na Amazon Prime Video e Apple TV, e Bumblebee, disponível na Netflix, Google Play, Microsoft Store, Claro Video e Apple TV. 

    Veja os trailers:

    Veja mais