cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Último capítulo de Crepúsculo pode estar ameaçado por salário baixo de atores

    Por Da Redação
    11/05/2010

    Nem todo mundo está feliz com o papel na saga teen mais querida do cinema atual. Ou, melhor dizendo, a insatisfação está em torno do salário pago para o elenco coadjuvante. A pior parte é que essa negociação de cachê tende a atrasar o lançamento de Amanhecer nas telonas.

    Os atores coadjuvantes que integram a família dos Cullen querem, para o próximo filme, receber mais do que foi pago nos primeiros capítulos. A discussão financeira, segundo uma fonte declarou ao Hollywood Reporter, é que a proposta atual é “ofensiva” se comparado ao que o estúdio está faturando com a produção - mais de US$ 1,1 bilhão somente em bilheterias.

    Como a Summit Entertainment tem pressa em fechar o elenco para definir se Amanhecer será dividido em duas partes, há quem diga nos bastidores que Kellan Lutz (Emmett Cullen) e Ashley Greene (Alice Cullen) correm o risco de ficar fora do time. Apesar de todos esses rumores, o estúdio não comentou a respeito desta situação de crise

    O trio protagonista, Kristen Stewart, Robert Pattinson e Taylor Lautner, está finalizando o acordo contratual. Peter Facinelli e Billy Burke (Carlisle Cullen e Charlie Swan, respectivamente) já estão com seus contratos assinados.

    Se for dividido, a segunda parte de Amanhecer está prevista para lançar em julho de 2012, época de férias de verão nos EUA. Será que o lançamento de Amanhcer vai ser adiado? O que você acha de Alice e Emmet serem substituídos nos últimos filmes?