Un Prophète é escolhido o Melhor Filme em Londres

29/10/2009 11h46

O longa-metragem Un Prophète, coprodução entre França e Itália, foi escolhido o Melhor Filme no 53° Festival de Londres na noite desta quarta-feira (28/10). Dirigido por Jacques Audiard (De Tanto Bater Meu Coração Parou), o filme também recebeu em maio deste ano o Grande Prêmio do Júri no Festival de Cannes.

O júri do festival inglês foi presidido pela atriz Anjelica Huston (Viagem a Darjeeling) e deu a A Estrada, de John Hillcoat, uma menção honrosa na premiação. A atriz Charlotte Rampling (Algo que Você Precisa Saber), os diretores John Akomfrah e Iain Softley (A Chave Mestra), o ator e diretor Mathieu Kassovitz (Missão babilônia) e o músico Jarvis Cocker completaram o grupo que escolheu os premiados no evento.

O prêmio de revelação britânica, que pode ser dado a um escritor, cineasta ou produtor, foi para o roteirista Jack Thorne pelo trabalho em The Scouting Book for Boys, com menção honrosa a J. Blakeson, diretor e roteirista de The Disappearance of Alice Creed. O Prêmio Sutherland, para a estreia em longa-metragem mais original exibida na seleção, foi para a produção israelense Ajami, dirigido por Scandar Copti e Yaron Shani. O Prêmio Grierson, dado a documentários, foi para o longa dirigido por Yoav Shamir, Defamation. O ator John Hurt (Hellboy II – O Exército Dourado) e o cineasta Souleymane Cisse (O Vento) foram homenageados pelo conjunto da obra.

O festival encerra nesta quinta-feira (29/10) com a pré-estreia mundial de Nowhere Boy, filme dirigido por Sam Taylor-Wood (Love You More) sobre a juventude de John Lennon.


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus