cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    'V de Vingança' não faz aniversário em 5 de novembro; entenda

    Data é muito associada ao filme, mas não por causa de seu lançamento
    Por Daniel Reininger
    05/11/2021 - Atualizado há 27 dias

    Hoje não é aniversário de V de Vingança! Verdade, o longa chegou aos cinemas brasileiros há 15 anos e todo mundo lembra da data 05 de novembro quando pensa no filme, mas espera... a estreia aconteceu em abril de 2006 e não no fim do ano!

    Então porque o dia 5 de novembro é tão associado com a HQ e o filme? A gente explica!

    V de Vingança

    Antes, vale lembrar que o filme é uma adaptação da Graphic Novel de Alan Moore e David Lloyd sobre um futuro sombrio controlado por um governo fascista e traz muitas semelhanças com nossa realidade atual.

    A história se passa em uma Grã-Bretanha futurista, imersa em uma política fascista (extrema direita). Nesse cenário, um justiceiro conhecido como V (Hugo Weaving) usa táticas terroristas para se opôr à sociedade. Quando resgata a jovem Evey Hammond (Natalie Portman) das mãos da polícia, ela se torna sua incomum aliada.

    O longa foi produzido pelas irmãs Wachowski, as mesmas de Matrix. No mundo, o longa fez US$ 132 milhões em bilheteria, mas o filme ganhou status de cult e foi o responsável pela máscara das manifestações.

    5 de novembro

    Guy Fawkes é a personalidade histórica que inspirou o protagonista da HQ. Ele foi um dos responsáveis por um atentado terrorista revolucionário, mas foi preso antes de executar o plano de explodir o Parlamento Britânico, na chamada Conspiração da Pólvora.

    Por isso, hoje é dia de fogueira na Grã-Bretanha, celebração da sobrevivência do rei James I e a prisão de Fawkes, que foi capturado exatamente no dia 5 de novembro de 1605, quando cuidava de 36 barris do explosivo já posicionados nos porões do Parlamento inglês.

    Ele pretendia matar o rei e o máximo possível de políticos. Fawkes foi condenado à morte e pouco depois surgiu a tradição de queimar bonecos do conspirador numa versão inglesa da malhação de Judas, que conhecemos aqui no Brasil.

    Ele não seria conhecido em todo mundo, se não tivesse sido por V de Vingança. Graças à HQ, Fawkes ressurgiu como símbolo das novas gerações de revolucionários.

    Tudo começou com Alan Moore e David Lloyd, que buscavam um personagem para sua graphic novel V de Vingança.  

    A trama foi inspiorada na Alemanha dos anos 30, onde o desemprego e o desespero levaram os alemães a apoiar um dos maiores ditadores da história: Hitler. Os escritores pegaram essa ideia e ambientaram o quadrinho numa Grã-Bretanha distópica, comandada por um governo de extrema direita.

    Contra ele, a dupla criou um personagem em busca de vingança, que teria sucesso onde o conspirador de 1605 havia falhado. 

    Daí a frase citada por V no filme:

    "Remember, remember, the 5th of November

    The gunpowder, treason and plot;

    I know of no reason, why the gunpowder treason

    Should ever be forgot."

    Em tradução livre:

    "Relembrem, relembrem o cinco de novembro

    A traição e conspiração da pólvora

    Não sei de nenhuma razão para que a traição da pólvora

    Algum dia seja esquecida".

    Onde ver

    O longa está diponível na Netflix, Google Play, Looke, Microsoft Store e Apple TV.

    Veja trailer:

    Veja mais