Veja cena exclusiva do premiado Transtorno Explosivo, estreia dos cinemas

Intenso longa alemão retrata a história de uma garota de 9 anos que sofre de um transtorno psicológico

05/11/2020 14h55

Por Thamires Viana

Transtorno Explosivo, novo longa da cineasta alemã Nora Fingscheidt, chega aos cinemas nesta quinta-feira (05). Intenso e dramático, o filme foi premiado em dezenas de festivais nacionais e internacionais, chegando a representar a Alemanha na categoria de Melhor Filme Internacional no Oscar de 2019. A produção saiu vencedora do prêmio de Melhor Filme pelo júri da 43ª Mostra Internacional de São Paulo.

O Cineclick divulga com exclusividade uma cena do longa:

Na trama, Benni é uma garota de nove anos de idade que, após viver migrando de um lar adotivo para outro, assume um comportamento agressivo que assusta a todos os cuidadores, partindo para surtos de raiva. A Sra. Bafané, do instituto de proteção a crianças, tenta usar novos métodos para conseguir integrar a garota permanentemente em um nova casa de adoção. Mas a rebeldia de Benni não vai parar enquanto ela não realizar o desejo de estar de volta com a própria mãe, que a entregou porque tinha medo e não sabia como lidar com os surtos e rebeldia da filha.

O longa é estrelado pela atriz mirim Helena Zengel, que com pouca idade vem chamando a atenção com seu talento para a interpretação. 

Transtorno Explosivo recebeu oito prêmios no German Film Award, o mais importante da Alemanha, sendo eles: Melhor Atriz para Helena Zengel, Melhor Ator para Albrecht Schuch, Melhor Diretora para Nora Fingscheid, Melhor Atriz Coadjuvante para Gabriela Maria Schmeide, Melhor Roteiro Original, Melhor Edição, Melhor Edição de Som e Melhor Filme.

Opinião

"Sem deixar claro os demais traumas que levaram Benni ao extremo, Transtorno Explosivo se distancia do julgamento: não há punição para as atitudes da criança e nem para a mãe que a abandona, da mesma forma em que não há verdade absoluta sobre o que de fato acontece na vida de ambas. É um misto de diagnósticos incertos e ruptura familiar que transforma a criança em um grande perigo para todos ao redor, explodindo em busca de liberdade e compreensão.

De todas as formas, Transtorno Explosivo traz ao público uma reflexão sobre como o desamparo e falta de afeto podem gerar desastrosas situações na vida de uma pessoa, além de tentar inserir delicadas críticas à falta de entendimento com transtornos psicológicos que vêm se tornando cada vez mais comum na nossa sociedade."

O título original do filme é System Crasher, mas no Brasil foi substituído por Transtorno Explosivo, doença onde o indivíduo não é capaz de gerenciar seus impulsos agressivos e é levado a ter comportamentos agressivos e ataques de fúria completamente desproporcionais. Qualquer que seja a natureza da agressão é comum o paciente sentir arrependimento, vergonha, culpa ou tristeza após a explosão, que é justamente o que a personagem principal no filme sofre.

Transtorno Explosivo já está em cartaz nos cinemas. Confira a programação completa da sua cidade.

Veja também:

Crítica: Transtorno Explosivo é drama poderoso sobre abandono


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus