cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Vida de Adoniran Barbosa vai virar filme

    Por Da Redação
    28/06/2001

    A vida de um dos maiores sambistas brasileiros será revivida nas telas de cinema. O diretor Walter Caira trabalha no projeto do longa-metragem Trem das Onze, uma homenagem ao lendário sambista paulista Adoniran Barbosa, um dos maiores cronistas das vielas e bares de São Paulo nos anos 50 e 60. Para interpretar o compositor, Caira convidou Lima Duarte.

    Mais que um biografia que dê conta de toda a vida do ator João Rubinato (verdadeiro nome de Adoniran), o diretor Walter Caira quer apenas pinçar alguns fatos mais pitorescos da trajetória do artista.

    O conjunto vocal Demônios da Garoa, principal intérprete da obra de Adoniran, também foi convidado para participar do projeto. Caira planeja inserir no filme um clipe dos velhos sambistas cantando "Trem das onze", música eleita ano passado como símbolo da cidade.

    Além de "Trem das onze", a trilha contará com outros sucessos de Adoniran, em alguns momentos adaptados para se adequar à dinâmica das cenas.


    Saiba Mais

    Adoniran Barbosa nasceu na cidade de Valinhos, interior de São Paulo, no dia 6 de agosto de 1910. Apesar de não ter nascido paulistano, tornou-se o compositor que melhor soube retratar em suas canções, a vida do povo marginalizado da cidade de São Paulo.
    João Rubinato era o verdadeiro nome de Adoniran. Para ele, João Rubinato, um nome simplório, não inspirava muito progresso, por isso resolveu trocá-lo: aproveitou o "Adoniran" de um amigo de boemia e de copo, o Adoniran Alves, e copiou o "Barbosa" de Luiz Barbosa, "o rei do chapéu de palha", sambista ídolo de Adoniran.
    Adoniran Barbosa faleceu no dia 22 de novembro de 1982.