cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Will Smith é banido do Oscar por 10 anos após tapa em Chris Rock

    Pouco tempo após a decisão da Academia, o ator se pronunciou sobre o assunto
    Por Redação
    08/04/2022 - Atualizado há cerca de 2 meses

    Após o tapa dado por Will Smith em Chris Rock durante a 94ª edição do Oscar, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas decidiu banir por 10 anos a presença do ator nas cerimônias de premiação e em outros eventos realizados pela instituição.

    O Conselho decidiu, por um período de 10 anos a partir de 8 de abril de 2022, que o Sr. Smith não poderá participar de nenhum evento ou programa da Academia, pessoalmente ou virtualmente, incluindo, mas não limitado ao Oscar”, diz um trecho do comunicado assinado pelo presidente David Rubin e o CEO Dawn Hudson. 

    O ator, que integrava o Conselho AMPAS desde 2001, já havia renunciado à posição no último dia 1º de abril e se manifestou sobre a decisão. 

    Aceito e respeito a decisão da Academia”, disse Smith ao site Deadline. "Aceitarei integralmente todas e quaisquer consequências por minha conduta. Minhas ações na apresentação do 94º Oscar foram chocantes, dolorosas e imperdoáveis. A lista daqueles que machuquei é longa e inclui Chris, sua família, muitos dos meus queridos amigos e entes queridos, todos os presentes e o público global em casa. Eu traí a confiança da Academia. Privei outros indicados e vencedores de sua oportunidade de celebrar e ser celebrado por seu trabalho extraordinário. Estou de coração partido", afirma o astro.

    Relembre o caso:

    No último dia 27 de março, durante a 94ª edição do Oscar, Will Smith subiu ao palco e deu um tapa no rosto do ator e comediante Chris Rock. 

    Tudo aconteceu depois que Rock fez uma piada sobre o cabelo raspado de Jada Pinkett, esposa de Will, comparando-a com a personagem de Demi Moore em Até o Limite da Honra, filme de 1997. 

    No dia seguinte, Smith usou seu Instagram para publicar um pedido público de desculpas a Rock e também à Academia, afirmando que estava envergonhado de sua atitude. 

    Violência em todas as suas formas é venenosa e destrutiva. O meu comportamento no Oscar de ontem à noite foi inaceitável e imperdoável”, desabafou ele.

    Confira a postagem completa:

    Veja também: