cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    'Yara': O que aconteceu com o assassino da jovem de 13 anos?

    Longa da Netflix retrata a história real do assassinato da jovem Yara Gambirasio
    Por Thamires Viana
    30/11/2021 - Atualizado há 5 dias

    No início de novembro chegou ao catálogo da Netflix o filme Yara, drama italiano que traz às telas uma trama chocante baseada em um crime real que chocou a Itália em 2010.

    Com direção assinada por Marco Tullio Giordana, o longa acompanha Letizia Ruggeri, uma promotora de justiça que tenta desvendar os mistérios por trás do desaparecimento de Yara Gambirasio, uma jovem de 13 anos. 

    O caso aconteceu novembro de 2010 na pequena comunidade de Brembate di Sopra, província de Bérgamo. A adolescente que sonhava em se tornar uma ginasta de sucesso saiu da academia onde treinava e não foi mais vista. Somente em fevereiro de 2011, três meses após o desaparecimento, três meses que o corpo de Yara foi encontrado por um homem que pilotava um avião de pequeno porte pela cidade de Chignolo d'Isola, localizada a 10 quilômetros ao sul de Brembate di Sopra.

    A equipe que coordenou a investigação coletou material genético de mais de 22 mil moradores na época e chegou ao autor do crime: o pedreiro Massimo Bossetti. O DNA do homem foi encontrado no corpo de Yara e em objetos deixados ao lado da vítima.

    O que aconteceu com Massimo Bossetti?

    Foi só após quatro anos de investigação e de mais de 45 audiências no tribunal que a promotora Letizia Ruggeri conseguiu identificar Bossetti como o assassino da jovem Yara. 

    Em 2014, na época da prisão, ele tinha 41 anos e passou a negar as acusações afirmando não saber como seu DNA foi parar na cena do crime. Bossetti era descrito por amigos e familiares como um homem trabalhador e muito respeitado na comunidade em que morava.

    Dois anos depois, ele foi condenado à prisão perpétua após a promotoria confirmar que ele foi o verdadeiro autor do crime. Apesar disso, os advogados de Bossetti afirmam que o material genético do homem foi plantado no local e que ele é inocente. 

    Em 2019, eles entraram na justiça mais uma vez para solicitar que uma nova avaliação de DNA fosse realizada, mas o pedido foi rejeitado pela Suprema Corte da Itália e Bossetti continua preso. 

    O filme

    Com direção de Marco Tullio Giordana e roteiro assinado por Graziano Diana, o elenco de Yara traz nomes como Isabella Ragonese, Alessio Boni, Roberto Zibetti, Sandra Toffolatti e Mario Pirrello.

    O longa tem 1h36 de duração e está disponível no catálogo da Netflix. 

    Veja também: